sexta-feira, 30 de maio de 2008

Contagem Realiza Senso Cultural









Censo Cultural



Como participar

O QUE É O CENSO CULTURAL


CENSO CULTURAL CONTANDO CULTURA
A Prefeitura Municipal de Contagem, reconhecendo a necessidade de identificar mai profundamente o potencial cultural que a cidade oferece, lança o Censo Cultural.

O QUE É O CENSO CULTURAL
O Censo Cultural é o levantamento de dados sobre toda a produção cultural da cidade. Através deste Censo será possível saber por quem, como e onde é produzida a cultura contagense.

INSCRIÇÕES
1. Todas as pessoas que produzam, trabalhem, estudem e/ou promovam atividades de cunho artístico cultural no município, sejam amadoras ou profissionais, poderão se inscrever.

Acesse aqui o formulário geral on-line.

2. Representantes ou organizadores de eventos, festas e manifestações artísticas e sócio-culturais deverão imprimir e preencher e ecaminhar os formulários específicos listados abaixo para:
Casa da Cultura Nair Mendes Moreira
Museu Histórico de Contagem
(praça Vereador Josias Belém, 1
Centro - 3352-5323):

Entidades e Espaços Culturais
- em formato DOC (documento do Word) - 187 Kb

Manifestações Artísticas e Sócio-Culturais

- em formato DOC (documento do Word) - 574 Kb

Meios de Comunicação

- em formato DOC (documento do Word) - 192 Kb

Patrimônio Cultural

- em formato DOC (documento do Word) - 388 Kb

Serviços e Comércios Culturais

- em formato DOC (documento do Word) - 205 Kb

Desenvolvimento & Cidadania Petrobras

Desenvolvimento & Cidadania Petrobras: conheça o resultado da Seleção Pública

A Seleção Pública de Projetos 2007 do programa Desenvolvimento & Cidadania Petrobras apresentou um número expressivo de inscritos: 4.177. E é com o entusiasmo que divulgamos a lista dos 72 projetos contemplados. Esses projetos estão distribuídos por todos os estados brasileiros e, juntos, receberão R$27,5 milhões de reais.

Clique aqui e saiba quais são eles!

O Programa Desenvolvimento & Cidadania Petrobras reflete o compromisso da Petrobras em contribuir para o desenvolvimento com igualdade de oportunidades e valorização das potencialidades locais. Cada projeto apoiado é uma parceria firmada entre a Petrobras e organizações sociais de todo o país para a viabilização de uma inserção social, digna e produtiva, de pessoas que vivem em risco social no Brasil.

Essa é uma importante etapa de um trabalho contínuo da Petrobras para contribuir para a superação da pobreza e das desigualdades sociais, aliando crescimento e desenvolvimento sustentável. Não poderíamos deixar de dividir esse momento com vocês.

Veja os números da Seleção:

* 6.485 inscrições realizadas pela Internet;
* 4.177 inscrições efetivadas após envio da documentação pelo correio;
* 3.264 projetos aprovados da Triagem Administrativa;
* 654 projetos aprovados na Triagem Técnica;
* 129 projetos aprovados pela comissão de Seleção;
* 27,5 milhões investidos em 72 projetos selecionados;
* 57 projetos selecionados para o Banco de Projetos Petrobras que incentiva a participação de clientes e fornecedores da cadeia produtiva de negócio em ações de Responsabilidade Social.

Pão e Poesia - Vídeos Stereoteca

Vídeos com a participação dos poetas do Pão e Poesia no projeto Stereoteca.

28.05.08 - Paulo Urban
http://paopoesia.blogspot.com/2008/05/28.html

07.05.08 - Renegado
http://paopoesia.blogspot.com/2008/05/07.html

30.04.08 - Novato
http://paopoesia.blogspot.com/2008/05/30.html

23.04.08 - Lecy Pereira Sousa
http://paopoesia.blogspot.com/2008/05/23.html

PÃO E POESIA NA 1ª BIENAL DO LIVRO DE MINAS GERAIS
http://diovmendonca.blogspot.com/2008/05/po-e-poesia-na-1-bienal-do-livro-de.html

REPORTAGENS:

TV UFMG
http://br.youtube.com/watch?v=qh0H8wxfQKk

TV ALTEROSA
http://diovmendonca.blogspot.com/2008/05/po-e-poesia-jornal-da-alterosa-sbt.html

REDE MINAS
http://diovmendonca.blogspot.com/2008/04/po-e-poesia-na-rede-minas-23.html

Diovvani Mendonça
acesse e conheça:
poeminhas para matar o tempo
e distrair dor de dente.
toda semana um poema inédito.
www.diovmendonca.blogspot.com

ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMAÇÃO DE
JUNHO - 2008

CENTRO DE EXTENSÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL / SALA VERDE-
SMAMA
GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL
SECRETARIA MUNICIPAL ADJUNTA DE MEIO AMBIENTE
PREFEITURA DE BELO HORIZONTE

Acione aqui para visualizar a programação em formato .PDF no item ACESSO RÁPIDO > PROGRAMAÇÃO EDUCAÇÃO AMBIENTAL

OFICINAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

17 – 3ª feira 8:30 às 11:30h S.O.S. Nossas Águas
19 – 5ª feira 14 às 17h Agenda 21 em Foco
24 – 3ª feira 8:30 às 11:30h Introdução ao Origami
26 – 5ª feira 14 às 17h Origami Avançado II: Desafio e Leitura

TRAVESSIA URBANA, VISITAS ORIENTADAS E CIRCUITO AMBIENTAL

13 – 6ª feira 8 às 12h Visita Orientada – Laboratório de Coleta e Beneficiamento de Sementes - CEMIG
16 – 2ª feira 13 às 17:30h Visita Orientada – Centro de Desenvolvimento Agrário Florestal – CEDAF / UFV (Florestal)

18 – 4ª feira 8 às 12h Visita Orientada – Produção em Agricultura Orgânica – Sítio do Frade (Ibirité)
20 – 6ª feira 13:30 às 17:30h Visita Orientada - Projeto Curiango: Educação Ambiental e Trilha Interpretativa – Parque Natural Municipal Chácara do Lessa (Sabará)

23 – 2ª feira 13:30 às 17:30h Circuito Ambiental Nordeste – Do Onça ao Velhas – SARMU-NE / PBH
27 – 6ª feira 8 às 12h Visita Orientada – Produção de Mudas – Jardim Botânico – FZB / PBH

30 – 2ª feira 13:30 às 17:30h Visita Orientada – Estação Ecológica – UFMG

AMBIENTE EM FOCO

10 – 3ª feira 9 às 11h Diálogo sobre Campos Eletromagnéticos Emitidos por Antenas de Celular

18 – 4ª feira 9:30 às 11:30h Captação de Águas de Chuva
19 – 5ª feira 8:30 às 11:30h Agricultura Orgânica em BH: Produção e Comercialização – Rede Terra Viva
24 – 3ª feira 14 às 17h Aspectos Ambientais da Bacia do Ribeirão do Isidoro
26 – 5ª feira 8:30 às 11:30h Aquecimento Global: Conceito, Problemas e Soluções

DATAS COMEMORATIVAS
05 – Dia Mundial do Meio Ambiente 21 – Início do Inverno

Público: cidadãos, a partir de 16 anos, interessados nas questões socioambientais.

Inscrições a partir de 02/06/2008 pelo telefone
31 3277-5199.

A ausência sem aviso prévio, em uma das atividades, implicará no cancelamento das demais inscrições para o mês.

Cursos de Extensão em Educação Ambiental BH Itinerante e
Educação Para o Risco

Inscrições para o 2º semestre de 2008: 9 e 10 de Julho, de 9 às 17h

Receba, pela internet, a programação das atividades do Centro de Extensão em Educação Ambiental / Sala Verde da Secretaria Municipal Adjunta de Meio Ambiente. Solicite pelo correio eletrônico: geeda@pbh.gov.br

Gerência de Educação Ambiental - GEEDA
Secretaria Municipal Adjunta de Meio Ambiente - SMAMA

Prefeitura Municipal de Belo Horizonte - PBH
www.pbh.gov.br

geeda@pbh.gov.br
Centro de Extensão em Educação Ambiental / Sala Verde

Av. Afonso Pena, 4.000/6° andar - Cruzeiro
Belo Horizonte
Minas Gerais
Brasil
CEP 30.130-009
Coordenadas geográficas 19°56'42.66"S 43°55'21.77"W

Tel./Fax: 31 3277 5199


Programação mensal de atividades do Centro de Extensão em Educação Ambiental

Feira de Produtos Orgânicos em Belo Horizonte

Música no Belas - Rodica (Trio Jungle Jazz)

Música no Belas - Rodica (Trio Jungle Jazz)


Clique na imagem para ver no tamanho original

Papel do ser na Filosofia

Papel do ser na Filosofia

A filosofia propõe a iluminar os caminhos de nossa alma que foram contaminados por convicções infundadas, desejos descontrolados, preferências e opções de vida questionáveis que não são dignas de nós. O principal antídoto a tudo isso é um auto-exame minucioso aplicado com bondade. Além de erradicar as doenças da alma, a vida de sabedoria também pretende despertar-nos de nossa apatia e introduzir-nos no caminho de uma vida ativa e alegre.

A verdadeira felicidade é um verbo. É o desempenho contínuo, dinâmico e permanente de atos de valor. A vida em expansão, cuja base é a intenção de buscar a virtude, é algo que improvisamos continuamente, que construímos a cada momento. Ao fazê-lo, nossa alma amadurece. Nossa vida tem utilidade para nós mesmos e para as pessoas que tocamos.

É na instauração da pergunta, enquanto se põe diante de uma realidade problemática, que o ser humano, na busca de resposta, percebe a dinâmica e o movimento dialético da realidade. Se não for possível perguntar, não será possível a reflexão e não há como construir conhecimento.

Aprendemos e ensinamos, trabalhamos, ouvimos música, vamos à praia e podemos construir nossas vidas com planos de sucesso e estabilidade financeira sem nos deixarmos envolver pelo discurso e pelos problemas filosóficos. Na verdade, os problemas filosóficos normalmente nos deixam incomodados, mal humorados, ansiosos. Isso porque, como normalmente ocorre, ao tentar resolvê-los, deparamo-nos com outros problemas que até então não havíamos considerado. A filosofia parece ser não apenas desnecessária para o bem viver; ela parece ser incompatível com a idéia de uma vida tranqüila. Somando-se a isso, devemos considerar o caráter abstrato da atividade filosófica. Por lidar com problemas distantes da vida comum, o filósofo é considerado freqüentemente uma pessoa destacada da realidade, perdido em especulações inúteis, alheio aos problemas que a vida diária se lhe impõem.

Essa visão caricatural da filosofia não se restringe ao senso comum. Guimarães Rosa certa vez definiu o filósofo como "aquele que se encontra num quarto escuro, à procura de um gato preto que não está lá. E ele o encontra..." Fernando Pessoa, em seu famoso poema 'Tabacaria', escreve que "a metafísica... é uma conseqüência de se estar mal disposto..." Mas será que é assim mesmo, quer dizer, será que é tão simples descartar a filosofia como uma atividade intelectual inútil? Para obtermos uma resposta satisfatória, é necessário que especifiquemos o ofício do filósofo. Qual é a natureza do trabalho filosófico? Sem dúvida que o ser estará sempre em busca de respostas a questionamentos. Com a filosofia, o homem aprendeu a perguntar quem ele é, o que é o ser. O mundo deixou de se restringir às divindades e à natureza, mas ganhou a figura humana, que agora também quer se encontrar. Como disse Sócrates, o autoconhecimento é o primeiro passo para sair da ignorância.

Wanilce do Socorro Pimentel do Carmo

Licenciada em Filosofia, Pós-graduada em Metodologia do Ensino Superior, Mestranda em Ciências da Educação Universidade Lusófona, professora na Faculdade FAMETRO com as disciplinas Metodologia da Pesquisa, Filosofia, Sociologia, Desenvolvendo Projetos na Faculdade no curso de Administração, Professora na Escola LA SALLE - Disciplina Ensino Religioso e Filosofia

E-mail: wan_tel@hotmail.com

Tv Nutrição em Pauta - A nova forma de ensino em Nutrição


A Nutrição é uma área bastante complexa, englobando setores tão diversos quanto nutrição clínica, nutrição esportiva e foodservice.

A partir da experiência da revista Nutrição em Pauta e do Núcleo de Estudos Avançados em Nutrição, criamos a TV Nutrição em Pauta, inovando a maneira de atualizar os profissionais e estudantes de nutrição, de uma forma agradável e dinâmica.

E, contando com renomados pesquisadores e especialistas em Nutrição, estaremos apresentando entrevistas, mini cursos e muito mais, com forte embasamento científico, garantindo a confiabilidade e credibilidade das informações transmitidas.

Divirta-se e atualize-se através da TV Nutrição em Pauta – a nova forma de ensino em nutrição.


Temas já disponíveis:

Alergia Alimentar
Prof. Dra Graziela Brandão - Nutricionista especialista em Nutrição Clínica, Professora de Nutrição Materno Infantil e Coordenadora da Clínica de Nutrição da UNIME.

Câncer: Nutrição e Interações Medicamentosas
Prof. Dra. Neuzir T. Reis - Nutricionista e Médica. Livre Docente em Nutrição Clínica. Responsável pelo Ambulatório de Nutrição Clínica da Santa Casa de Misericordia do RJ.

Nutrição e Exercício no Manejo da Obesidade Pediátrica

Dra. Isabela Guerra - Nutricionista, Doutora em Nutrição Humana Aplicada, Co-autora dos livros "Ciência do Futebol" e "Estratégias de Nutrição e Suplementação no Esporte".

Fome Oculta: Anemia e Hipovitaminose A
Prof. Dr. Joel Alves Lamounier - Médico com Doutorado em Sáude Pública e Nutrição pela Universidade da Califórnia e Professor Titular da UFMG

Controle Higiênico-Sanitário em Restaurantes Comerciais

Dra. Márcia M. M. Paranaguá - Nutricionista, Prof. de Gastronomia Aplicada ao Turismo, Instrutora em Segurança Alimentar e Assessora Técnica do Restaurante Yemanjá.

Intestino: A Máquina Fantástica
Prof. Dra. Monique Pedruzzi - Nutricionista, Pesquisadora e Doutoranda em Imunologia pela UFF.


Contato: contato@tvnutricao.com.br

http://www.tvnutricao.com.br/

Capital estrangeiro no ensino superior

Capital estrangeiro no ensino superior. Grau de investimento pode atrair R$ 3 bilhões

O grau de investimento concedido ao Brasil no fim de abril, indicador que demonstra haver riscos menores para a entrada de capital externo no País, pode trazer mais dinheiro e movimentar o ensino superior privado. Para especialistas, o setor deve receber até R$ 3 bilhões nos próximos dois anos. O cenário aparentemente positivo, no entanto, é visto com ressalvas por educadores que acreditam que investimentos externos, abertura de capital e formação de conglomerados fazem com que a educação seja vista como uma mercadoria e não como um direito. A reportagem é de Renata Cafardo e publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo, 26-05-2008.

"Os que já investiram no Brasil têm mais dinheiro e ainda há outros grupos para investir", diz o consultor de ensino privado e presidente da Hoper Educacional, Ryon Braga. Para ele, o ensino superior privado poderia ser mais beneficiado pelo investment grade se um número maior de instituições já tivesse aberto o capital.

Isso porque grande parte das ações colocadas à venda, como as do Grupo Anhangüera Educacional, foram compradas por estrangeiros. "Ainda são poucos os grupos profissionalizados no País. Há muito mais dinheiro, mas não tem onde entrar", completa.

O processo de organização e transparência da gestão de instituições de ensino superior privado é crescente no Brasil, mas ainda caminha com lentidão, de acordo com especialistas. A maioria das universidades é controlada por famílias, com estruturas de custo pesadas e inchadas.

"Para fazer um investimento, o capital estrangeiro vê até se tem telha de amianto no banheiro", diz o presidente do Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo (Semesp), Hermes Figueiredo. Segundo ele, muitos negócios de compras de instituições não são efetivados porque, pela falta da transparência, o investidor não consegue estimar seus riscos.

O ex-ministro da Educação Paulo Renato Souza também acredita que o grau de investimento pode trazer mais dinheiro para o ensino superior, desde que mais universidades se profissionalizem. "O capital externo não compra uma instituição quebrada, só grupos nacionais fazem isso porque conhecem bem o mercado", explica.

Recentemente, processos de fusões, aquisições e fechamento de instituições tornaram-se comuns a alunos no ensino superior privado brasileiro. Foi o início de uma resposta a um mercado cada vez mais concorrido e saturado. Só o Centro Universitário Anhangüera comprou 16 instituições, entre elas a Uniderp, de Mato Grosso do Sul, a Faculdade Fênix, em Bauru e, na capital, o Centro Universitário Ibero-Americano em São Paulo (Unibero).

No ano passado, esse foi o primeiro grupo a abrir seu capital e a procura por cotas da empresa superou em 12 vezes o esperado. Foram R$ 360 milhões na primeira oferta de ações e outros R$ 508 milhões no segundo processo, em 2008. Quase a totalidade foi comprada por investidores de fora do País. Depois da abertura de capital e das aquisições, o Grupo Anhangüera passou de 40 mil para 139 mil alunos.

Outros três grupos de ensino - Estácio de Sá, Pitágoras e COC - fizeram o mesmo em 2007. Há especulações no mercado de que a Universidade Paulista (Unip), a Véris Educacional (que controla o Ibmec e o IBTA) e a Universidade Cruzeiro do Sul (Unicsul) estejam se preparando para também lançar ações na bolsa.

"O investment grade provoca dois impactos: um na possibilidade de captação de recursos pelas instituições e outro no financiamento estudantil", diz Ricardo Scavazzo, sócio do Pátria Investimentos, cujo fundo comprou participações na Anhangüera e hoje é seu controlador. Para ele, o novo índice recebido pelo País vai também baixar as taxas de juros, o que beneficia empréstimos a estudantes para financiar seu curso superior.

NAS MÃOS DE ESTRANGEIROS

Apesar de terem vendido suas ações a grupos e fundos de fora do País, as universidades que abriram o capital não passaram a ser controladas por dinheiro estrangeiro. Isso porque só uma minoria das cotas foram colocadas no mercado e o restante continuou na mão dos mantedores. Já a Universidade Anhembi Morumbi vendeu 51% de seu controle à rede internacional de universidades Laureate Education, dos Estados Unidos. A instituição americana gastou cerca de R$ 60 milhões na aquisição, em 2005, e investiu um valor não revelado em obras e equipamentos.

O grupo controla faculdades em outros países e, segundo a vice-reitora da Anhembi, Elizabeth Guedes, o grau de investimento ajuda os brasileiros. "Isso coloca a Anhembi em igual condição com uma instituição da Laureate em Madri, por exemplo, porque antes se dizia que era mais seguro investir lá", explica.

Para a educadora da Universidade de Brasília (UnB) especialista em ensino superior Regina Vinhais, o processo atual é extremamente negativo para a educação brasileira. "O ensino se torna um bem de consumo e não um bem de direito e é vendido conforme o poder de compra da sociedade", afirma.

Segundo ela, universidades com capital aberto, por exemplo, oferecem cursos de acordo com as demandas do mercado. "Se é bom para a sociedade brasileira isso não importa, é o mercado que vai decidir o que é bom ou não ali."

Oportunidade de trabalho 500 vagas

Encaminho vagas para diversas áreas. Se a vaga não atende seu perfil, divulgue!
Façamos uma rede de ajuda, divulgando vagas para que ninguém fique sem trabalho!

500 NOVAS VAGAS

AGENTE DE MARKETING / REPRESENTANTE DE SERVIÇOS / AGENTE DE COBRANÇA 2º GRAU COMPLETO / MAIOR 18 ANOS / BOA DIGITAÇÃO COMPARECER COM CURRÍCULO E CPF
NORTEARH BH: RUA OURO PRETO 1102 SANTO AGOSTINHO(PROX HOSPITAL SOS AV.
AMAZ ENTREVISTAS AS 8:00 OU 12:30
NORTEARH CONTAGEM: RUA MANACÁ 53 ELDORADO (PROX HOSP JK) ENTREVISTAS AS 8:00

PROMOTOR DE VENDAS
2º GRAU COMPLETO / MAIOR 18 ANOS /
COMPARECER COM CURRÍCULO E CPF
NORTEARH BH: RUA OURO PRETO 1102 SANTO AGOSTINHO(PROX HOSPITAL SOS AV.
AMAZ ENTREVISTAS 16:00

OUTRAS VAGAS ACESSE WWW.NORTEARH.COM.BR E FAÇA SEU CADASTRO.
701 ENGENHEIRO DE PROCESSOS SR (Processos Engenheiro)
Requisitos: Superior completo em Engenharia Mecânica/ Elétrica/ Automação / Necessária experiência com desenvolvimento de processos em produção em estamparia e solda
Salário: A combinar
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

703 COMPRADOR TÉCNICO
Requisitos: Bom desempenho em negociação e conhecimentos básicos de compras
Conhecimentos de procedimentos de Comércio Exterior; Sistema da qualidade (PAP, PPM, ETC); Inglês FLUENTE.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

755 MÉDICO DO TRABALHO
Requisitos: Experiência em medicina do trabalho com registro CRM/MG
Experiência mínima na função
Salário: A combinar
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

743 ASSISTENTE ADMINISTRATIVO DE PESSOAL
Requisitos: 2º grau completo ou superior em curso (Administração) / Experiência em departamento pessoal e em algum programa de folha de pagamento (desejável Microsiga) / Pacote Office intermediário e internet / Conhecimentos em contabilidade básica / Inglês básico.
Salário: Não divulgado
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

799 OPERADOR DE BENEFICIAMENTO I
Requisitos: 2º grau completo / Experiência na área de operação de usina de beneficiamento de minério de ferro, conhecimento de operação dos equipamentos e manutenções emergenciais / CNH B / Desejável cursos nas áreas de Segurança do Trabalho, Primeiros Socorros e Meio Ambiente / Desejável inglês / Disponibilidade para residir no interior de Minas.
Salário: Não divulgado
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

758 ELETRICISTA
Requisitos: 2º grau completo acrescido de curso técnico de Eletricista (Apresentar Diploma ou Registro no CREA) / experiência na área elétrica com serviços de manutenção elétrica em conjuntos, subconjuntos, máquinas, equipamentos e instalações nas diferentes unidades / Desejável Curso Básico NR10 (40 horas, com certificado). Cursos de Eletricidade Básica; Eletrônica Básica; Eletro técnica; Automação; Calibração; Instrumentação.
Salário: Não divulgado
Nº. De vagas: 01
Local: SERRO
______________

800 MECÂNICO TÉCNICO
Requisitos: 2º grau completo com curso Técnico em Mecânica / Experiência (preferência por experiência no segmento) / Desejável Domínio Pacote Office / Desejável CNH B / Desejável Inglês.
Salário: Não divulgado
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

477 AJUDANTES
Requisitos: Realizar a proteção de cargas de acordo com a exigência do cliente.
Salário: Não divulgado
Nº. De vagas: 04
Local: BH

747 ASSISTENTE DE R.H I.
Requisitos: Formação em Administração (desejável ênfase em RH), Gestão de RH / Desejável Inglês / Pacote Office avançado / CNH B / Experiência em empresa de grande porte na área de R.H e/ou Administrativa com vivência em organização de arquivos, controles administrativos e indicadores / Desejável conhecer rotinas de recrutamento e seleção e/ou RH em geral.
Salário: Não divulgado
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

609 AUXILIAR DE PORTARIA
Requisitos: Responsável pelo atendimento aos visitantes, bem como cadastrar os veículos e pessoas para entrada na empresa / Ensino médio completo ou cursando / Mínimo de 06 meses de experiência na função.
Salário: Não divulgado
Nº. De vagas: 03
Local: BH
______________

750 ELETRICISTA
Requisitos: Experiência circuitos e sistemas elétricos de autos.
Salário: Não divulgado
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

745 GERENTE DE FILIAL
Requisitos: Gerenciar processos administrativos, financeiros, operacionais e recursos humanos na área de negócios / Necessário formação superior / experiência em gerenciamento de equipes.
Salário: Não divulgado
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

546 MOTORISTA CNH ôEö
Requisitos: Ensino fundamental completo ou em curso / Experiência como motorista de carretas.
Salário: Não divulgado
Nº. De vagas: 20
Local: BH
______________

309 VENDAS PROMOTOR
Requisitos: Promotor de Vendas / Desejável experiência anterior com vendas / Irá abordar clientes.
Salário: Não divulgado
Nº. De vagas: 50
Local: BH
______________

698 TÉCNICO DE SEGURANCA DO TRABALHO (CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO, SERRO /MG).
Requisitos: Curso Técnico em Segurança do Trabalho (registro M.T. E) /
Experiência na área (preferencialmente no segmento da mineração) / Vivência com promoção de campanhas, palestras e outras formas de treinamento / Domínio do Pacote Office / Desejável inglês / CNH B.
Salário: Não divulgado
Nº. De vagas: 04
Local: BH
______________

582 SUPERVISOR DE MANUTENÇÃO ELÉTRICA
Requisitos: Curso de elétrica, eletrônica e/ou graduação completa / Experiência com manutenção elétrica preferencialmente na área de mineração, siderurgia, óleo e gás ou petroquímica / Conhecimento do pacote Office / Desejável inglês / Desejável experiência com gestão de pessoas.
Salário: Não divulgado
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

795 ENGENHEIRO DE SEGURANÇA DO TRABALHO
Requisitos: Experiência na coordenação de sistemas de gestão integrada de segurança e saúde ocupacional. Gestão de normas, documentos e procedimentos / Graduação em Engenharia com especialização em Segurança do Trabalho. (Registro no CREA) / Inglês avançado / Pacote Office.
Salário: Não divulgado
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

791 MÉDICO DO TRABALHO
Requisitos: Formação em Medicina do Trabalho (com registro) / Experiência em gestão de PCMSO e documentação inerente à área de saúde, treinamentos e campanhas / Inglês avançado / Pacote Office / Disponibilidade para viagens.
Salário: Não divulgado
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

646 ENCARREGADO DE GARANTIA
Requisitos: Superior em Engenharia Mecânica / Responsável por: controlar os processo de garantia e notas fiscais / Recebimento das peças e relatórios de serviços técnicos / Controle e cobrança dos resultados finais das fábricas e discussão das divergências / Acompanhamento do desembarque e inspeções das peças nas fábricas, visando evitar extravio e divergências na análise e no recebimento / Contribuir na implantação, controle do novo sistema de custo e faturamento em apoio a gerencia técnica.
Salário: Não divulgado.
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

645 ENCARREGADO DE MONITORAMENTO
Requisitos: Formação em Engenharia Mecânica / Elétrica / Telecomunicações / Bom conhecimentos em informática / Inglês intermediário / Conhecimentos em manutenção de equipamentos/ logística, planejamento e eletrônica / Atuar no projeto de monitoramento das máquinas da empresa.
Salário: Não divulgado.
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

521 ENGENHEIRO CIVIL
Requisitos: Engenheiro Civil com conhecimento de Geotécnica / experiência em acompanhamento e fiscalização de obras de terraplenagem, concreto, barragens de terra e estradas / Disponibilidade para trabalhar no norte do país em regime de folga.
Salário: Não divulgado.
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

338 ENGENHEIRO GEOTÉCNICO MÉDIO
Requisitos: Desejável experiência na área de mineração ou hidroenergia / Conhecimento na área de barramentos, aterros, contenções e análises de estabilidade / Mestrado / Inglês.
Salário: Não divulgado.
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

339 ENGENHEIRO GEOTÉCNICO SÊNIOR
Requisitos: Experiência na área de mineração ou hidroenergia / Conhecimento avançado de projetos de barragens, ataludes, aterros, ensaios geotécnicos e análises de estabilidade / Mestrado / Inglês / Noções básicas de gerenciamento de projetos.
Salário: Não divulgado.
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

313 GEOTÉCNICO
Requisitos: Experiência na função.
Salário: Não divulgado.
Nº. De vagas: 02
Local: BH
______________

322 GEÓLOGO MÉDIO
Requisitos: Experiência na área de mineração e hidroenergia / Conhecimento na área de descrição de sondagem, fiscalização e supervisão de campo, classificação geomecânica de maciços, caracterização geotécnica de solos e rochas, materiais naturais de construção / Mestrado Desejado / Inglês.
Salário: Não divulgado.
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

321 HIDRÓLOGO MÉDIO
Requisitos: Experiência na área de mineração e hidroenergia / Conhecimentos em projetos de barragens, diques, balanços hídricos, sistemas de captação, desvio e drenagem superficial e subsuperficial / Desejável Mestrado / Inglês.
Salário: Não divulgado.
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

336 HIDRÓLOGO SÊNIOR
Requisitos: Experiência na área de mineração ou hidroenergia / Conhecimento avançado de projetos de barragens, diques, balanços hídricos, sistemas de captação, desvio e drenagem superficial e subsuperficial / Mestrado / Inglês.
Salário: Não divulgado.
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

522 MINERAÇÃO TÉCNICO
Requisitos: Técnico de barragens / Experiência em fiscalização de obras de terraplenagem e concreto para trabalhar.
Salário: Não divulgado.
Nº. De vagas: 01
Local: Ourilandia do Norte û PA

775 ORÇAMENTISTA
Requisitos: Formação Superior em Engenharia / Experiência em orçamentos de gerenciamento de obras industriais, preferencialmente na área mineral ou siderúrgica / Experiência mínimo 5 anos / Domínio do Inglês.
Salário: Não divulgado.
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

797 SUPERINTENDENTE GERAL
Requisitos: Experiência em Construção Industrial / Inglês fluente / Superior em Engenharia / Experiência com equipamentos de içamento de carga pesada / Experiência em instalação de equipamentos mecânicos e de planta / Experiência em gerenciamento de contratadas / Habilidade de compreender e interpretar todos os tipos de especificações relevantes e desenhos;
Salário: Não divulgado.
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

353 TÉCNICO
Requisitos: Experiência em acompanhamento de sondagem geológica/geotécnica / Abertura de poços para coleta de blocos indeformados / Ensaios de permeabilidade em solos e rochas / Mapeamento de taludes, cavas e fundações / Disponibilidade para viagens;
Salário: Não divulgado.
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

776 TÉCNICO ORÇAMENTISTA
Requisitos: Formação Técnica / Ensino médio completo / Experiência em orçamentos de gerenciamento de obras industriais, preferencialmente na área mineral ou siderúrgica / Necessário Experiência / Desejável domínio da língua inglesa.
Salário: Não divulgado.
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

709 TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES
Requisitos: Elaboração de cronogramas físicos de atividades em MS Project / Elaboração de composições de preços unitários no Compor da 90 informática / Manuseio de arquivos / Cotações de insumos e serviços / Interpretação e qualificação de projetos civis de engenharia / Executar ações que possam promover a melhoria contínua do desempenho dos processos da Empresa / Cumprir os procedimentos do Sistema de Gestão Empresarial.
Salário: Não divulgado.
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

182 TELEMARKETING OPERADOR
Requisitos: 2º completo / Experiência 6 meses com Telemarketing ou experiência 6 meses de vendas ou experiência vendas + telemarketing / Maior de 18 anos / Boa Digitação Conhecimentos de informática para navegação em sistemas corporativos / Curso de telemarkting û 16 horas.
Salário: Não divulgado.
Nº. De vagas: 40
Local: BH

610 TELEMARKETING OPERADOR
Requisitos: 2º completo / Maior de 18 anos / Boa Digitação
Salário: Não divulgado.
Nº. De vagas: 40
Local: BH
______________

350 ADMINISTRADOR EDIFÍCOS
Requisitos: Recuperar créditos conforme metas e datas definidas pela empresa / Negociar forma de pagamento.
Salário: Não divulgado.
Nº. De vagas: 01
Local: BH
______________

845 TECNÓLOGO DE PROCESSOS
Requisitos: 2º grau técnico em mecânica ou engenharia em curso / Conhecimento em ferramentaria para ajustes de dispositivos / Conhecimento em máquina de soldar plástico (termofusão, vibração) / Conhecimento em processos de linha de montagem Necessário vivência no ramo de autopeças e cursos na área de qualidade (ISO,TS...) /
Disponibilidade de horário.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH
______________

840 ATENDENTE DE FAST FOOD
Requisitos: 2º grau completo / Sexo Feminino / Preferencialmente experiência em vendas, restaurantes ou fastfood.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH
______________

839 INSTRUTOR DE TREINAMENTO
Requisitos: 3º grau concluído ou em curso (a partir do 4º período preferencialmente Pedagogia) / Experiência em ministrar aulas / Disponibilidade para trabalhar aos sábados e horários variados / Domínio em excel e power point.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH
______________

833 ATENDENTE DE LOJA
Requisitos: 2º grau completo / Experiência comprovada com vendas internas.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH
______________

803 SECRETÁRIA
Requisitos: 2º grau completo / Experiência comprovada na função / disponibilidade para trabalha de segunda a sexta de 9:00 as 19:00 horas.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH
______________

842 SUSHIMAN
Requisitos: 2º grau completo / 6 meses de experiência na preparação de comidas japonesas; disponibilidade para trabalhar em horários diurnos e noturnos.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH
______________

841 AUXILIAR DE SUSHIMAN
Requisitos: 2º grau completo / 6 meses de experiência na preparação de comidas japonesas; disponibilidade para trabalhar em horários diurnos e noturnos.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

847 SUPERVISOR DE SEGURANÇA PATRIMONIAL
Requisitos: Ensino médio completo ou superior / Domínio pacote Office / CNH B / Desejável inglês / Experiência anterior com segurança patrimonial e supervisão / Cursos de especialização na área de segurança VIP / Defesa pessoal / Combate a incêndio / Segurança empresarial / Disponibilidade para residir no interior de Minas Gerais.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

753 AUXILIAR ADMINISTRATIVO
Requisitos: 2º grau completo / Experiência comprovada na função.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

810 FERRAMENTEIRO
Requisitos: 2º grau técnico ou engenharia em curso / Conhecimentos em industria de plásticos, leitura e interpretação de desenho / Conhecimento básico de Autocad / Conhecimento de regulagem básica de injetora / Disponibilidade de horários.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

844 PREPARADOR DE MÁQUINA INJETORA
Requisitos: 2º grau técnico ou engenharia em curso / Conhecimento do processo de injeção de plástico.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

829 PROGRAMADOR DE PRODUÇÃO
Requisitos: 2º grau técnico ou engenharia em curso / Conhecimentos de ferramentaria em específico de moldes de injeção plástica / Sexo masculino.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

766 û ANALISTA û SQA (SUPPLIER QUALITY ASSURANCE)
Requisitos: 3º grau completo em Engenharia ou Tecnologia da Qualidade / Conhecimento para aprovação de PPAP / Conhecimento em ferramentas da qualidade tais como CEP / PDCA / 8D / APQP / IMDS / MSA, dentre outras / Experiência com auditoria de processo / Conhecimento de normas de qualidade (ISO TS 16949:2002, 9001:2000; 14001:2004;VDA;QSB, dentre outras / Fluência na língua inglesa.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

732 û ANALISTA DE QUALIDADE
Requisitos: 3º grau completo em Engenharia ou Tecnologia da Qualidade / Experiência no ramo automotivo, em normas Automotivas e Ambiental, microinformática (pacote Office) / Conhecimentos avançados em inglês.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

651 û VENDEDOR EXTERNO
Requisitos: Superior em andamento / Experiência com vendas externas e veiculo próprio / Superior em andamento / Disponibilidade para trabalhar horário integral de segunda à sexta feira.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

622 û PROCESSO INTEGRADO CONDUTOR
Requisitos: 2º grau / Desejável curso técnico / Experiência em indústria automotiva / Disponibilidade para trabalhar em turnos.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

648 û SUPERVISOR PRODUÇÃO
Requisitos: 2º GRAU técnico(mecânica, eletrônica, mecatrônica, eletromecânica) / Experiência em industria automotiva / Conhecimento de processos produtivos / Gestão de Pessoas.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

657 û TÉCNICO CONTÁBIL
Requisitos: Técnico em Contabilidade ou Superior em andamento / Experiência em ICMS dentro e fora do estado de MG / Compensação de Imposto / Apuração de PIS / Imposto de renda / Além de toda rotina contábil / Disponibilidade para horário integral.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

835 û COORDENADOR APOIO TÉCNICO
Requisitos: Superior completo em Engenharia Civil, Mecânica ou Elétrica / Desejável inglês / Domínio Pacote Office / Experiência comprovada em implantação de projetos industriais de médio e grande porte.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

822 ûASSISTENTE ADMINISTRATIVO DE PESSOAL
Requisitos: Ensino Médio ou Superior Completo / Experiência anterior com todas as rotinas de departamento pessoal / Conhecimentos em Contabilidade Básica / Pacote office intermediário / Desejável Microsiga / Desejável inglês / Disponibilidade para residir no interior e para viagens.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

836 û ENGENHEIRO DE PROCESSOS
Requisitos: Superior completo em Engenharia Mecânica, Elétrica ou Metalúrgica / Desejável Inglês / Domínio Pacote Office / Conhecimento de estatística, controle de processos, bombeamento de polpa, corrosão, ensaios de laboratório.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

785û PORTADORES DE DEFICIÊNCIA
Requisitos: Profissionais de diversas áreas portadores de deficiência física.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

848 û SUPERVISOR SEGURANÇA PATRIMONIAL
Requisitos: Ensino médio completo ou superior / Domínio pacote Office / CNH B / Desejável inglês / Experiência anterior com segurança patrimonial e supervisão / Cursos de especialização na área de segurança VIP, defesa pessoal, combate a incêndio, segurança empresarial / Disponibilidade para residir no interior de Minas Gerais.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

821 û COORDENADOR T.I.
Requisitos: Superior em Ciência da Computação ou Tecnologia da Informação / Conhecimento em cabeamento estruturado, hardwares e softwares / Experiência em Coordenação de equipes para: Atendimento a demandas, Definição de soluções, Administração de contratos com fornecedores, Estudo de viabilidade e Administração de recursos
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

750 ûELETRICISTA INDUSTRIAL
Requisitos: Experiência circuitos e sistemas elétricos de autos.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

816 û TÉCNICO SEGURANCA TRABALHO
Requisitos: Curso Técnico segurança do trabalho concluído / Necessário experiência na área.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

830 û ESTAGIÁRIO ADMINISTRAÇÃO
Requisitos: Experiência com crédito/cobrança / Suporte ao setor de crédito, atendimento a clientes internos e externos / Liberação de pagamento mediante comprovação.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

823 û SUPERINTENDENTE ELETROMECÂNICA
Requisitos: Responsável pela instalação da planta de processo FeNi (mecânica e elétrica) / Formado em Engenharia Mecânica com experiência em construção de planta de beneficiamento de minério.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

779 û DIGITADOR
Requisitos: 2º grau completo / Qualidade na digitação / Habilidade com computador (impressão, configuração, etc).
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

710 û GERENTE INDUSTRIAL
Requisitos: Gerenciamento da produção, engenharia de processos, manutenção e logística / Responsável pelo planejamento e controle da produção / faturamento da fábrica e giro do estoque / Desenvolver estudo para redução do valor em estoque / aumento de giro / Assegurar em sua área o atendimento aos requisitos ISO/TS 16949, ISO14.000 e QSB / Inglês fluente / Formado em Engenharia com pós em Gestão da Produção/Logística / Experiência anterior em indústria de autopeças e processo Just in Time.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

831û VENDEDOR
Requisitos: Experiência em venda de veículos novos / Disponibilidade para trabalhar aos sábados.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

825 û GEÓLOGO
Requisitos: Superior em Geologia / Desejável inglês Intermediário / Internet e Pacote Office intermediário / Experiência com sondagem de minério de ferro, descrição de testemunhos e planejamento de lavra /
Disponibilidade para residir no interior e para viagens.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

805 û MOTORISTA CNH E
Requisitos: Habilitação E / Desejável experiência como motorista de carreta / Disponibilidade para trabalhar na Região de Brumadinho.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

819 û TOPÓGRAFO
Requisitos: Curso técnico em Topografia / Experiência na área /
Disponibilidade para residir no interior.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

838 COORDENADOR DE PRODUÇÃO
Requisitos: Ensino Médio incompleto (mínimo) / Experiência com coordenação de processos de produção de calçados, monitoria de indicadores de produção, treinamento de equipes, além de providenciar recursos necessários à produção / Disponibilidade para trabalhar em turnos / Disponibilidade para residir em Itapetinga/BA
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

813 ESTAGIÁRIA DE ADMINISTRAÇÃO
Requisitos: Formação em Administração, Secretariado ou Comunicação / Pacote Office avançado / Interesse em línguas estrangeiras.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

846 PROGRAMADOR DE MANUTENÇÃO
Requisitos: Conhecer bem de planejamento e controle de manutenção / 2º grau técnico ou engenharia em curso / Controle de arquivo relacionado a toda documentação do setor / análises estatísticas dos resultados de intervenções nos equipamentos; controle de gráficos / controle de compra de peças / auxilio no controle das despesas do setor.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH
______________

881 ENGENHEIRO ELETRICISTA SÊNIOR
Requisitos: Superior completo em Engenharia Elétrica / Experiência com projetos de plantas industriais de grande porte no segmento de mineração, engenharia ou energia / Desejável conhecimento em automação industrial / Domínio pacote Office / Desejável noções de AutoCad /
Desejável inglês técnico / Disponibilidade para viagens.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

882 ENGENHEIRO CIVIL SÊNIOR
Requisitos: Superior completo em Engenharia Civil / Experiência com projetos de plantas industriais de grande porte no segmento de mineração ou engenharia / Domínio pacote office; Desejável noções de AutoCad / Desejável inglês técnico / Disponibilidade para viagens.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

883 ENGENHEIRO MECÂNICO SÊNIOR
Requisitos: Superior completo em Engenharia Mecânica / Experiência com projetos de plantas industriais de grande porte no segmento de mineração ou engenharia / Conhecimento em equipamentos de mineração / Domínio pacote Office / Desejável noções de AutoCad / Desejável inglês técnico /
Disponibilidade para viagens.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

698 TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO
Requisitos: Curso Técnico em Segurança do Trabalho (registro M.T.E) / Experiência na área (preferencialmente no segmento da mineração) / Domínio do Pacote Office / Desejável inglês / CNH B.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

795 ENGENHEIRO DE SEGURANÇA DO TRABALHO
Requisitos: Experiência na coordenação de sistemas de gestão integrada de segurança e saúde ocupacional / Gestão de normas, documentos e procedimentos / Graduação em Engenharia com especialização em Segurança do Trabalho / (Registro no CREA) / Inglês avançado / Pacote Office.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

734 COMERCIAL ASSISTENTE
Requisitos: Experiência em terceirização e mão de obra temporária.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

791 MÉDICO DO TRABALHO
Requisitos: Especialização em Medicina do Trabalho (com registro) / Experiência em gestão de PCMSO e documentação inerente a área de saúde, treinamentos e campanhas / Inglês avançado / Pacote Office / Disponibilidade para viagens.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

872 ASSISTENTE DE TESOURARIA
Requisitos: Superior em curso: Administração, Ciências Contábeis ou Economia / Experiência na área financeira, com controles e rotinas de contas a pagar / Desejável Matemática Financeira / Conhecimentos em Excel avançado e Microsiga / Domínio do Pacote Office.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

824 SEGURANCA TRABALHO TECNICO
Requisitos: Mínimo seis meses de experiência na função / Conhecimento de PCMSO/PPRA/Treinamento de Brigada de Incêndio/Legislação Trabalhista de Segurança do trabalho.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

340 PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS
Requisitos: Banco de Currículos.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

474 ESTÁGIO DE PSICOLOGIA
Requisitos: Cursando entre o 5º ao 8º período / disponibilidade para estagiar em horário integral.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

860 DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
Requisitos: Planejar e gerenciar todas áreas de TI INFRA e sistemas / Gestão do IT Business Plan / Prover suporte tecnológico todas as áreas da organização / Liderança / Boa comunicação / Visão de negócios / Desejável mas não imprescindível inglês fluente.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

863 ANALISTA DE LOGÍSTICA
Requisitos: Superior em andamento / Necessário experiência com logística / Possui habilitação.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

853 COMUNICAÇÃO ANALISTA
Requisitos: Superior completo em comunicação / Necessário experiência com comunicação interna, redação e eventos.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

817 ESTAGIO ADMINISTRAÇÃO
Requisitos: Cursando do 3º ao 5º período / Desejável conhecimentos em rotina de departamento pessoal.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

854 ADMINISTRATIVO AUXILIAR
Requisitos: 6 meses de experiência em rotinas administrativas,/ Emissão de notas fiscais / Domínio de excel / Disponibilidade de horário e residir na região de Brumadinho, Itatiaiuçu, Sarzedo, Mário Campos.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

855 LIDER DE OPERAÇÕES
Requisitos: 6 meses de experiência na área de transporte / Monitorar a carga, descarga e ciclos de veículos.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

819 TOPÓGRAFO
Requisitos: Curso técnico em Topografia / Experiência na área / Disponibilidade para residir no interior.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

882 ENGENHEIRO CIVIL SÊNIOR
Requisitos: Superior completo em Engenharia Civil / Experiência com projetos de plantas industriais de grande porte no segmento de mineração ou engenharia / Domínio pacote Office / Desejável noções de AutoCad / Desejável inglês técnico / Disponibilidade para viagens.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

801 ENGENHEIRO ELETRICISTA DE EQUIPAMENTOS DE USINA
Requisitos: Superior completo em Engenharia Elétrica / Experiência em Manutenção Industrial em empresa de grande porte de Mineração, Siderurgia, Óleo, Gás e Petroquímica / CNH B / Domínio pacote Office / Desejável inglês / Disponibilidade para residir no interior.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

883 ENGENHEIRO MECÂNICO SÊNIOR
Requisitos: Superior completo em Engenharia Mecânica / Experiência com projetos de plantas industriais de grande porte no segmento de mineração ou engenharia / Conhecimento em equipamentos de mineração / Domínio pacote Office / Desejável noções de AutoCad / Desejável inglês técnico / Disponibilidade para viagens.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

896 ENGENHEIO SÊNIOR
Requisitos: Graduação em Engenharia Mecânica, Elétrica, Eletrônica / Inglês avançado / Domínio do Pacote Office / Conhecimento de Sistema de Manutenção / Experiência anterior com Manutenção Preventiva e Corretiva de equipamentos de mineração / equipamentos de Mina / Desenvolvimento de trabalhos de melhoria de produtividade / Orçamentação; KPI's.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

889 ARQUIVISTA TÉCNICO
Requisitos: Superior em Biblioteconomia / Conhecimentos Pacote Office, Autocad, Adobe, Programas GED/EDMS, Plotagem e Normas ABNT pertinentes / Desejável Inglês / Desejável Inglês / Experiência com implantação e controle do plano de arquivo, impressão e plotagem de documentos técnicos, controle de empréstimo de documentos, recebimento e expedição de GRS's (guias de remessas de documentos), implantação e controle de acervo técnico.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

859 GERENTE ADMINISTRATIVO FINANCEIRO
Requisitos: Experiência como gerente no setor administrativo e financeiro.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: Concórdia/SC

868 ESTAGIÁRIO DE LOGÍSTICA
Requisitos: Cursando Engenharia de Produção, Mecânica e outros / Já tenha cursado matéria de logística / Possuir conhecimento de excel avançado.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

857 GERENTE DE QUALIDADE
Requisitos: Superior completo / Experiência como gerente na área da qualidade em empresas de peças automotivas / Domínio nas ferramentas de qualidade / Inglês fluente.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: Varginha û MG

858 PROGRAMADOR DE PRODUÇÃO
Requisitos: Superior completo / Domínio de Sawluz / Domínio de Excel / Experiência com datasul ou SAP ou BPCS / Experiência com MRP.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: Varginha û MG

860 DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
Requisitos: Planejar e gerenciar todas as áreas de TI INFRA e sistemas / Gestão do IT BUSINESS PLAN / PROVER suporte tecnológico todas as áreas da organização / Liderança / Boa comunicação e visão de negócios / Desejável mas não imprescindível / Inglês fluente.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

874 ELETRONICO TECNICO
Requisitos:. 2º grau Técnico Elétrica ou Eletrônica / Conhecimento de PLC's .
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

873 MECANICO TECNICO
Requisitos: 2º grau Técnico Mecânica.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

875 ENGENHEIRO DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO
Requisitos: 3º grau em Engenharia / Conhecer APQP, FMEA, PPAP, normas ISO e microinformática (pacote Office) / Inglês Fluente.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

897 RECURSOS HUMANOS ANALISTA
Requisitos: Experiência com processos de recrutamento e seleção / Conhecimentos em testes psicológicos (aplicação e correção).
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: Varginha û MG

898 PSICOLOGIA ESTAGIARIO
Requisitos: Desejável experiência com processos de recrutamento e seleção.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: Varginha û MG

899 GERENTE DE OPERAÇÕES
Requisitos: Superior completo / Experiência no setor automotivo, preferencialmente no segmento de borracha / Experiência em administração de grandes equipes / Vivência comprovada e consistente em áreas produtivas.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: Varginha û MG

900 COMPRADOR PLENO CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS
Requisitos: Superior completo / Experiência no setor automotivo, preferencialmente no segmento de borracha / Experiência em compras de maquinários e equipamentos, bem como compra de materiais produtivos e improdutivos.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: Varginha û MG

901 PRODUÇÃO SUPERVISOR
Requisitos: Superior / Ter larga experiência em supervisão de equipes em média 100 pessoas / Conhecimento em moldagem, prensagens , linhas de extrusão Habilidades para treinar / Conhecimentos de ferramentas da qualidade
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: Varginha û MG

902 SUPERVISOR DE EXPEDIÇÃO
Requisitos: Superior completo / Ter larga experiência em expedição e estoque preferencialmente no setor automotivo / Ter domínio das ferramentas de Excel/ACCESS / Ter conhecimento de sistemas de transporte e emissão de NFs / Conhecimentos consistentes de técnicas de armazenagem (layout de estoques, segurança e sistemas de controle tais como FIFO.Ter noções do sistema BPCS / Ter curso de empilhadeira.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: Varginha û MG

903 GERENTE DE CONTAS
Requisitos: Superior completo / Experiência no setor automotivo, preferencialmente no segmento de borracha, Experiência na área comercial.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: Varginha - MG

864 ESTAGIARIO FINANCEIRO
Requisitos: Cursando Ciências Econômicas, Administração ou Ciências Contábeis / Conhecimentos em contas a pagar e receber, relatórios diversos / Disponibilidade para horário integral.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

867 ESTAGIÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO
Requisitos: Cursando Administração de Empresas / Experiência em rotinas administrativas, controle de NF, arquivos eletrônicos e físico, relatórios, atendimento telefônico / Foco em resultados, flexibilidade e visão analítica / Dinamismo e pró atividade.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH
______________

865 ESTAGIARIO/RECEPCIONISTA
Requisitos: Cursando nível superior / Conhecimento em rotinas de recepção, atendimento telefônico e ao público / Controle de estoques / Liberação de materiais promocionais / Disponibilidade para horário integral.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH
______________

870 OFICIAL DE ACABAMENTO REBARBADOR
Requisitos: Ensino Fundamental completo / Experiência em atividade de rebarbador/polidor / Conhecimentos de lixadeira pneumática em superfícies de alumínio, acabamento superficial / rebarbador, lixamento de soldas em alumínio.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH
______________

871 AJUDANTE DE MONTAGEM
Requisitos: Ensino Fundamental / Não é necessário experiência.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH
______________

869 AJUDANTE DE PINTURA
Requisitos: Ensino Fundamental / Conhecimentos na preparação de superfícies a serem pintadas (tratamento químico) / Carregamento e descarregamento de peças pintadas (pré estufa).
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH
______________

891 TÉCNICO ELETRO ELETRÈNICO
Requisitos: Curso Técnico em Eletrotécnica ou Eletrônica / Experiência de 6 meses em manutenção eletro eletrônica corretiva, preventiva e preditiva, em máquinas operatrizes e equipamentos com CNC / Experiência em manutenção em equipamentos de usinagem (Heller, Mazak, Brother, Schaudt, Deckel, Rambaudi, Sodick) / Conhecimento em programação de CLP Rockwell, Simens e Fanuc / Disponibilidade para trabalhar em turno.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH
______________

894 û OPERADOR DE USINAGEM
Requisitos: Curso técnico e/ou Senai (Tornearia) / Domínio em leitura e interpretação de desenho / Conhecimento em Metrologia / Desejável experiência em máquinas operatrizes (torno, retífica, cilíndrica, fresa) / Disponibilidade para trabalhar em turno.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH
______________

880 û ANALISTA DE NEGÓCIOS
Requisitos: Experiência comprovada na implantação de um ERP mínimo de 1 ano / Conhecimento em Metodologia de Gerência de Projeto / Conhecimento em Metodologia de Desenvolvimento de Sistema (PMI) / Desejável conhecimento do Negócio Transporte Urbano de Passageiros / Conhecimento de Modelo de Entidades e Relacionamento / Capacidade de criação de relatórios via software.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH
______________

888 û ENGENHEIRO DE SEGURANÇA DO TRABALHO
Requisitos: Experiência de 05 anos em obras de montagem de estruturas e equipamentos para mineração / Formação superior em engenharia / Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho / Disponibilidade para residir em Ourilândia - Pará.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH
______________

905 û ENGENHEIRO CIVIL
Requisitos: Curso superior completo em Engenharia Civil / Registro no CREA / Domínio com editor de texto, planilha eletrônica, correio eletrônico e navegação internet. / Curso e experiência em AutoCAD.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH
______________

904 û ENGENHEIRO DE SEGURANÇA DO TRABALHO
Requisitos: Experiência comprovada como engenheiro de segurança do trabalho / Experiência comprovada com coordenação de equipe / Desejável experiência com gestão de qualidade (ISO/ONA) / Desejável experiência em serviços de saúde / Formação superior em engenharia completa / Pós graduação em Segurança do Trabalho Completa.
Salário: A combinar
Nº. De vagas: Não disponível
Local: BH

Pedro, Bispo. Artigo de Tomás Balduíno

Pedro, Bispo. Artigo de Tomás Balduíno

D.
Tomás Balduíno, bispo emérito de Goiás, publicou, em espanhol, um artigo celebrando os
80 anos de vida de D. Pedro Casaldáliga. O artigo foi traduzido para o italiano e publicado pela Agência Adista, 14-04-2008.

Eis o artigo.

É curioso: tenho dificuldade de satisfazer a solicitação de escrever sobre dom Pedro por ocasião de seu octogésimo aniversário. Dou-me conta que estou retardando os trabalhos. Uma das razões é, sem dúvida, a série de viagens que fiz no segundo semestre de 2007 para acompanhar os conflitos pela terra, que se intensificaram com o mega-projeto de desvio das águas do rio São Francisco. Mas, é também e, sobretudo, pelo fato que esta é a primeira vez que me ponho a escrever sobre Pedro, o qual marcou profundamente minha vida de bispo.

Pensei numa aproximação à figura de Pedro ao modo de florzinhas, como na narração da vida de Francisco de Assis. Em fim de contas, escrever sobre a história de um poeta que ao mesmo tempo é bispo é, de certa forma, a mesma coisa.

Conheci Pedro quando já era bispo da prelazia de São Félix do Araguaia, missão confiada pela Santa Sé aos claretianos. Foi numa tensíssima assembléia geral da CNBB (Conferência episcopal brasileira), convocada para Brasília em 1970, em plena ditadura militar, que nos encontramos por primeira vez. Impressionou- me sua vivacidade, fulminante, mas o que me impressionou ainda mais foi que ele estava tão bem informado sobre o que estava acontecendo na sociedade e na Igreja. Senti improvisamente naquele homem a clara e radical identificação com a caminhada - muito perigosa naquele tempo - que uma parte da Igreja do Brasil e da América Latina estava agora iniciando. Ali teve início nossa profunda amizade e nossa profunda comunhão. Considero aquele momento como uma bênção de Deus para mim. Naquela Assembléia foi lido integramente o conto de frei Tito de Alencar sobre as terríveis torturas por ele sofridas no cárcere Tiradentes. Já que a presidência não permitia que se superassem os minutos concedidos a cada intervenção, os bispos tiveram que se alternar para a leitura integral do texto. Foi nossa melhor ocasião de análise.

Bispo por vontade do povo

Aos 8 de agosto de 1971 fui a São Félix a pedido de Pedro para ordenar sacerdote Manoel Luzón, seu companheiro desde o início da missão no Araguaia. A um certo momento, Pedro me chamou à sua sala de trabalho e me mostrou a carta de resposta que recém escrevera ao Núncio, o qual lhe havia comunicado sua eleição a bispo de São Félix. Depois de ter lido a carta, eu lhe disse: 'Não entendo, Pedro. Até agora aceitaste ser juridicamente prelado desta igreja. Quando o papa te propõe passar do jurídico ao sacramental, dizes que não queres mais?' Percebi, a partir de minha intervenção, uma mudança de atitude. Convocou subitamente uma reunião com os sacerdotes, as irmãos, os leigos, à minha presença e, malgrado fosse vinculado pelo segredo pontifício, mostrou a todos o conteúdo da carta da Santa Sé e colocou a questão se deveria aceitar ou não tornar-se bispo de São Félix. Encontro belíssimo, e único, de membros maduros e sábios de uma igreja nova. Em cada um daqueles que tomavam a palavra se podia perceber de maneira viva a liberdade, a seriedade e a sinceridade de quantos empenhavam a própria vida na mesma perigosa aventura missionária. No final foi aprovado que Pedro se tornasse bispo de São Félix. Teria podido repetir com toda razão as palavras dos apóstolos 'Pareceu bem ao Espírito Santo e a nós...' Por causa desta minha participação ao seu percurso episcopal, Pedro me adotou como 'padrinho' e também como seu 'bispo auxiliar'. De minha parte me emocionei ao assistir, naquele dia, ao renascimento do antigo e venerável modo popular e evangélico de escolher os grandes bispos e pastores que marcaram a história da nossa Igreja.

Pedro foi sagrado bispo em 1971, na mesma cidade de São Félix, circundado pelo povo pobre de toda aquela região, a céu aberto, na bela paisagem às margens do tranqüilo Araguaia, onde o rio apresenta em torno de um quilômetro de largura. Era outubro e ainda eram visíveis aquelas encantadoras praias de areia dourada. O sagrador principal foi o grande patriarca do Centro-Oeste, dom Fernando Gomes dos Santos, arcebispo de Goiânia, acompanhado por outros dois sagradores: dom Juvenal Roriz e eu. Antônio Carlos Moura, cerimoniário, teve a feliz idéia de levar embora as nossas mitras. O novo bispo jamais teve mitra nem báculo pastoral, nem anel de ouro ou de prata. Mas, recebeu todos estes elementos inculturados nos símbolos indígenas e camponeses. A mitra era um chapéu de palha, o báculo um remo tapirapé e o anel era eito de tucum, tornando-se, em seu dedo e no de muitos agentes de pastoral, um sinal do empenho pela caminhada da libertação.

Não faltou, como de rigor, a carta pastoral, distribuía no mesmo dia, com o título Uma igreja da Amazônia em conflito com o latifúndio e a marginalização social. Era a época da ditadura militar, sob a presidência do terrível general Emílio Garrastazu Médici, época de total censura, época de celas de tortura. O documento foi para a sociedade e a Igreja como um relâmpago em céu sereno. Mas, seu conteúdo profético fora muito bem pensado, nas incríveis peripécias de sua realização, e havia plena consciência sobre as duras conseqüências que sua publicação haveria de produzir. A carta, do início ao fim, trazia a marca de Pedro, mas recebera a válida e competente colaboração da equipe que trabalhava com ele desde o início de seu trabalho pastoral como prelado.


José de SouzaMartins , o grande sociólogo especialista em questões agrárias brasileiras, professor da Universidade de São Paulo, assim se expressou, em 1995, durante a comemoração do vigésimo aniversário da Comissão pastoral da Terra: 'Surge um dos mais importantes documentos sociais da história contemporânea do Brasil. Refiro-me à carta pastoral de Dom Pedro Casaldáliga no início dos anos setenta, Uma Igreja da Amazônia em conflito com o latifúndio e a marginalização social. Pela primeira vez na história do Brasil se apresenta, num documento público, com uma visão completa e total, o lado perverso do funcionamento do capital. Este documento deixou um sinal não só na história da Igreja, mas também na história social e política do país. Não foi por acaso que ele atraiu sobre a igreja de São Félix do Araguaia toda a ira possível dos representantes desta extrema e tremenda devastação' (in A luta pela terra, Paulus, p. 76).

A ira do poder não tardou a se abater sobre a pequena igreja de São Félix. Mas, não foi imediatamente por causa de deste documento bomba. Ocorreu com a ação do pe. Francisco Jentel em favor dos camponeses de Santa Terezinha, que ele defendia das agressões da empresa Codeara, a qual se declarava a única proprietária da região. Em conseqüência do conflito entre a fazenda, apoiada pela polícia militar, e os habitantes da região, teve início a caça ao pe. Jentel de parte da polícia. Para complicar a situação, aterrissei com o helicóptero em Santa Terezinha, junto ao mesmo Jentel e a Pedro. Não tardou muito a chegar um policial para capturar pe. Jentel. O encontro teve lugar numa encruzilhada: à esquerda se ia ao centro de pastoral, à direita ao cárcere. Pedro se interpôs entre Jentel e aquele elemento bem nutrido da mal-afamada polícia do Mato Grosso. Estupefato, vi então Pedro transfigurar- se de um pequeno mosquito pungente num verdadeiro gigante. Levantou a voz, gritou, gesticulou energicamente e não cedeu sequer um milímetro. O policial, vencido, foi embora dizendo que voltaria com reforços. Entrementes vieram soldados armados de fuzis mandados para vigiar meu helicóptero.

Viemos depois a saber que os reforços teria vindo naquele mesmo dia, de helicóptero, da Barra do Garças. Mas, tiveram que esperar até o dia seguinte. Entrementes, de manhã, uma lancha a motor levou Jentel para longe do cárcere de Santa Terezinha que ele conhecia nos mínimos detalhes e do qual queria fugir a qualquer custo.

A partir daquele momento iniciou a perseguição geral contra a Prelazia, sob a forma de verdadeira operação de guerra, em 1973. Todos os sacerdotes foram ao cárcere e todos foram espancados. Os agentes de pastoral leigos foram conduzidos a um quartel de Campo Grande e submetidos todos à tortura. O Pe. Jentel, julgado e condenado a dez anos de prisão pelo seu apoio aos camponeses de Santa Terezinha, foi também ele encarcerado em Campo Grande. Pedro, por sua vez, foi mantido preso em sua casa. A certa altura lhe ordenaram que tirasse os óculos, mas não tiveram a coragem de espancá-lo. O maior desafio que eles enfrentamos foram os diversos processos de expulsão feitos contra eles pelo exército. Nossa defesa consistia na denúncia pública destas tentativas, imediatamente difundida pelo jornal O Estado de São Paulo , então em guerra contra a censura oficial. A vantagem era que tais tentativas tinham repercussão internacional, fazendo retroceder o governo. A maior contribuição veio do próprio Paulo VI que chegou a declarar: 'Tocar dom Pedro Casaldáliga é como tocar a pessoa do papa'.

Em 1972 encontrei-me com Pedro em Brasília, onde estava ocupado com o processo do pe. Jentel. Tomou-me por um braço e me conduziu a um encontro convocado por dom
Ivo Lorscheiter, encontro no qual estava nascendo o Conselho indigenista missionário (Cimi). O relator da história sessão foi dom Sigaud, arcebispo de Diamantina. Saí dali como um dos conselheiros deste instrumento pastoral que revolucionou totalmente a missão indigenista no Brasil, passando a considerar os povos indígenas não mais como um objeto de nossa assistência e de nossa catequese, mas como sujeitos, autores e destinatários da própria história.

Em 1974, por ocasião da assembléia da CNBB em Itaici, dom Pedro propôs a um grupo de bispos um encontro sobre a Amazônia, prioridade da política governamental. Já desde então Pedro via a Amazônia como símbolo de uma realidade muito grande, complexa e conflitiva, de caráter sócio-político- cultural- econômico e religioso, de dimensão nacional e latino-americana. Hoje ela conquistou ainda mais peso, atingindo uma dimensão planetária.

O fruto desta preocupação e desta mobilização de Pedro foi a criação da Comissão Pastoral da Terra (CPT). Para nós que nos consideramos co-fundadores, Pedro é o legítimo iniciador, ou, melhor ainda, o pai da CP, concebida a partir da compaixão pelos sofrimentos dos camponeses de sua igreja local. É por isto que ele a chama de 'filha', escrevendo-lhe uma carta de amor pelo seu 'jubileu de orvalho e de sangue'. Entre outras coisas, lhe diz:

'Nasceste um pouco amaldiçoada, / quase clandestinamente, / filha da paixão pelos pobres da Terra, / filha do reino dos Céus que é também o Reino da Terra. / Mal vista em casa, odiada fora... / (...) bendita CPT, / pastoral de fronteira, / evangelho de risco, / profecia nos campos e pá na mão e cântico nos lábios / dos Novos Céus e da Nova Terra'.

As incompreensões na Igreja

Como se não bastasse a pressão geral contra ele e contra os seus agentes de pastoral - além da expulsão do pe. Jentel, decidida pelo general presidente Ernesto Geisel, de acordo com a nunciatura e a embaixada francesa - um dos bispos da assembléia episcopal regional do Centro Oeste, dom Juvenal Roriz, iniciou uma campanha entre os bispos para a expulsão de Pedro da nossa regional. Recebeu a notícia da tremenda iniciativa somente no próprio dia da reunião episcopal. Dom Fernando Gomes dos Santos, presidente da Comissão episcopal, propôs a votação sobre este caso no início da sessão. Estava presente dom Ivo Lorscheiter, presidente da CNBB, em visita à regional. Dom Epaminondas, bispo de Anápolis, por pudor, passou uma nota a dom Roriz, solicitando- lhe retirar a proposta da ordem do dia. Dom Juvenal Roriz lha devolveu escrevendo sobre a mesma folha: 'Pelo menos sete são contra ele'. Éramos treze bispos. Sua proposta foi rejeitada por onze votos contra e um a favor. Pedro foi expressamente confirmado entre nós, graças, em parte, à presença de dom Ivo.

Dom Sigaud, arcebispo de Diamantina, acusou publicamente dom Pedro e a mim de sermos 'comunistas' . Isto, naturalmente, teve grande repercussão na imprensa. Era a ocasião, servida num prato de prata, para que a mídia falasse de divisões no seio da Igreja. De nossa parte, tratando-se de um bispo ligado à TFP(Tradição, família, propriedade) , movimento integralista da elite empresarial e latifundiária de São Paulo, decidimos não responder à acusação. Não obstante isso, o núncio apostólico, Sebastiano Baggio, tomou como pretexto a denúncia e solicitou de Roma uma visita apostólica às nossas duas igrejas, a de São Félix do Araguaia e a de Goiás. O visitador foi dom José Freire Falcão. Nem eu, nem Pedro, jamais viemos a saber da conclusão destas visitas e se o motivo real da Santa Sé para agir de modo agressivo contra as nossas igrejas fosse na realidade uma questão de comunismo. Em conseqüência de tudo isso decidimos enviar uma carta conjunta ao Paulo VI. Confiamos o documento a Paulo Evaristo Arns, recomendando- lhe que a consignasse diretamente ao papa. Confiou-nos sucessivamente que a consignou a uma terceira pessoa. O resultado é que jamais obtivemos resposta. Sinal de que o papa jamais recebeu esta carta, ou que, talvez, jamais soubesse desta visita apostólica.

Pedro sempre preferia o pullman para as suas viagens, incluídas as mais longas. Porém, certa ocasião teve que caminhar por horas a pé, de noite, pela estrada dita 'da fera', entre Goiás e São Miguel do Araguaia. Não foi por escolha. Viajava em pullman direto a São Miguel. Percebendo problemas intestinais, disse algo ao motorista e desceu do pullman. O motorista pensava que fosse alguém do lugar e partiu. No mesmo pullman viajava pe. Geraldo Rosania, vigiando pela segurança do bispo, mas dormia profundamente. Ao amanhecer, Pedro, exausto, encontrou barracas de bóias-frias e foi por eles acolhido. Eis agora a minha leitura daquele contratempo: Pedro estava retornando de um encontro do regional ao qual chegara com atraso porque havia levado seu apoio a um grupo de camponeses ameaçados. Dom Miguel Mundo, bispo auxiliar de Jataí e secretário do regional, havia dirigido uma repreensão pública a Pedro porque chegara com atraso. Pedro não se defendera. De minha parte, não dera importância ao caso. Mas, posso garantir que o episódio havia golpeado profundamente Pedro, que empreendera a viagem de retorno sofrendo em nível físico as conseqüências daquela agressão injusta e anti-evangélica.

Durante o pontificado de João Paulo II, foi praticamente ordenado a Pedro que cumprisse a visita ad limina. Em Roma, na Congregação para a Doutrina da Fé, teve que justificar-se ante o cardeal Ratzinger e outros sobre dois pontos: com respeito às suas viagens anuais à América Central, quando percorria regiões e dioceses suscitando mal-estar nos respectivos bispos, e com respeito às suas críticas às visitas ad limina. Pedro nos contou que jamais se sentira com tanta presença de espírito como naquele dia. De início, percebendo que iriam diretamente ao ponto, sugeriu de se começar com uma prece. Creio que esta prática tenha sido ali introduzida desde então. Continuo pensando no testemunho do nosso irmão ante aquele tribunal que fora o da Santa Inquisição. Creio que a missão do bispo se tenha voltado, em primeiro lugar, aos pequenos e aos pobres de sua igreja, mas não exclua a ação profética ad intra, também às mais altas instâncias eclesiásticas, inclusive ao papa. Deus seja louvado!

Bispos 'vermelhos'


Mas, não é tudo tão grave e repleto de tensão na vida de um bispo. Por solicitação dos índios tapirapé, transportei mais de uma vez de avião araras domesticadas pelos índios rikbatsa do rio Juruena. Atravessava todo o estado de Mato Grosso em direção Leste-Oeste. Numa daquelas viagens dei uma passagem a Pedro, que se dirigia à sua Prelazia. Uma volta grande, mas compensada pela beleza extremamente variada do panorama. Pedro teve uma inspiração: uma crônica daquela viagem agradabilíssima intitulada 'Um helicóptero vermelho, carregado com doze araras vermelhas e conduzido por dois bispos da mesma cor'. Escurecia e notei no horizonte, na nossa direção, uma formação de um temporal que bloqueava nossa trajetória. E de longe despontou uma boa pista de uma grande fazenda. Aproximei-me e aterrissamos. Veio o administrador, um conhecido de Pedro. 'Sois afortunados - disse -; o patrão está com sua família no Rio, para o carnaval. A casa é toda para vocês'. Assim, depois de nos termos alimentado, pudemos gozar do conforto de um leito matrimonial para cada um.

Chegou para Pedro o momento de renunciar ao cargo de bispo de São Félix. Sua preocupação e a de muitos de nós dizia respeito à continuidade da caminhada pastoral. Isto o angustiava, principalmente por causa da demora da nunciatura, prejudicando sua saúde, cada vez mais frágil. Tanto mais que naquele período ele estava empenhado na solidariedade com os xavantes, decididos a recuperar o próprio antigo território. Pedro viu-se novamente circundado de atenção por causa da explícita a ameaça de morte contra ele.

O núncio apostólico solicitou a um bispo que fosse à prelazia para pedir informações a Pedro com respeito aos seus projetos de partida de São Félix. A repercussão desta proposta foi em geral negativa. Um grupo de bispos enviou uma carta à nunciatura pedindo que prestasse contas daquilo que teria podido existir por trás desta ação e afirmando o direito do bispo emérito de escolher livremente a própria residência, como é garantido pela lei canônica. A assembléia da prelazia reagiu. A imprensa no Brasil e no exterior se encarregou de dar eco à questão. Preocupava-nos a possibilidade que a proposta relativa à partida de Pedro fosse a condição posta por algum candidato à prelazia. Por isso, na chegada de dom Leonardo vimos o sinal do amor do Pai por Pedro e por sua igreja. Além disso, desde o primeiro telefonema que trocaram, Pedro percebeu que a chegada de Leonardo seria uma bênção. Em meu modo de ver, Pedro já estaria morto se tivesse prevalecido o outro projeto. Leonardo quis habitar na mesma casa de Pedro, continuar a mesma caminhada. Na cerimônia de posse de Leonardo, diante de uma grande multidão, após a leitura das bulas, pensei nas palavras de São Paulo à comunidade, na qual diz que esta é a verdadeira carta de apresentação e o sinal de sua legitimidade como apóstolo. Ali, naquele povoado, estava derramando de modo absoluto o Espírito do Senhor e, através deste Espírito, o povo reconhecia instintivamente seu novo pastor.

Certo dia Pedro chegou a me dizer que agora não era mais bispo. Do mesmo modo pelo qual eu, em 1971, estive em desacordo com ele quando estava para renunciar ao episcopado no momento de passar do jurídico ao sacramental, assim também nesta ocasião discordei de sua eclesiologia, a qual reduz este sacramento ao espaço e ao tempo da jurisdição. Seja como for, agradeço ao Senhor por ter nos dado Pedro como bispo. Ele era destinado a este ministério desde o ventre de sua mãe. Viveu-o e vive-o hoje na radicalidade evangélica e na simplicidade, na pobreza e na coerência, na doação até o martírio e na mística, numa obstinada esperança e numa vibrante poesia. Pensando nos bispos que o Deus de misericórdia enviou ao nosso continente latino-americano nos tempos pentecostais do Vaticano II e de Medellín, como Leônidas Proaño, Oscar Romero, Manuel Larrain, Hélder Câmara e outros, pode-se afirmar que dom Pedro Casaldáliga se encontra na companhia deles. Sua ação em nossos dias tem sido tão ampla e profunda que muitas coisas na sociedade e na Igreja trazem o sinal de sua presença. Por isso, podemos com toda razão colocá-lo ao lado dos grandes bispos que assinalaram a história da nossa Igreja.

Grupo Corpo - Um Espetáculo

Grupo Corpo


A partir de oito temas oriundos da parceria inédita entre o instrumentista e compositor norte-americano Philip Glass e o grupo instrumental mineiro Uakti, o coreógrafo Rodrigo Pederneiras desvencilha-se, pela primeira vez, do rigor formal que marca suas criações, para construir uma obra despojada, em que a partitura de movimentos emerge como uma série de esboços, apontamentos ou estudos para uma coreografia. Inacabados, na aparência, mas irretocáveis pela genialidade da forma. Como em uma pintura contemporânea, em que as correções podem ser incorporadas ao resultado final, os movimentos dos bailarinos do Grupo Corpo sucedem-se em variações, que vão da estética "suja" própria dos ensaios a um primoroso acabamento formal. Nesse sentido, 7 ou 8 Peças para um Ballet , que teve sua estréia em 1994, propõe mais do que vaticina. O componente obsessivo, frio e exato dos temas, especialmente criados para o balé pelo ícone maior da música minimalista norte-americana, leva Pederneiras a orquestrar repetições de movimentos que beiram o automatismo, executados, no mais das vezes, em solo, em contraposição a movimentos orgânicos de grupo, carregados da sensual latinidade intrínseca à sonoridade única produzida pelo Uakti. O cenário de Fernando Velloso e os figurinos de Freusa Zechmeister buscam, nos primórdios da corrente minimalista da pintura americana, a inspiração para as listras em verde, azul e tons de amarelo, que dão identidade visual ao espetáculo, enquanto o branco reina absoluto na iluminação de Paulo Pederneiras.

BENGUELÊ (1998)
Coreografia: Rodrigo Pederneiras
Música: João Bosco
Cenografia: Fernando Velloso e Paulo Pederneiras
Figurino: Freuza Zechmeister
Iluminação: Paulo Pederneiras


Gestos e seqüências da capoeira, das danças de festas de São João ou dos congados fazem parte do universo de Benguelê . Incorporados à dança contemporânea, esses movimentos ganham novas dinâmicas e intensidades. Ao som da trilha de João Bosco , que acomoda de Debussy à música árabe , Rodrigo Pederneiras cria sua dança nesse universo popular de raízes marcadamente negras. O cenário é parte importante nessa coreografia e, juntamente com a luz, multiplica o palco em vários planos, que a dança acentua, com os corpos cruzando, muitas vezes, a cena. No alto, ao longe, essas figuras por vezes adquirem novas formas – por exemplo, um grupo de mulheres "aranhas" faz fundo a um solo de "capoeira", na parte de baixo; os corpos, envergados sobre si mesmos, caminham lentamente ao som da batida da música, enquanto, na parte baixa, várias seqüências marcam a melodia. Benguelê e suas infinitas "caminhadas" evocam uma organicidade inspirada na movimentação popular brasileira. Os gestos têm elasticidade e continuidade, que permitem a visualização das linhas no espaço e criam uma tensão, que é resultante, também, do encadeamento preciso dos movimentos com a música. A dança, nesse caso, tem uma presença que evoca um passado vivo.

Siro Darlan e Unicef debatem filme "Juízo" na Ação da Cidadania (RJ)

Siro Darlan e Unicef debatem filme "Juízo" na Ação da Cidadania (RJ)

A Ação da Cidadania convida educadores e estudantes de escolas, entidades e universidades para o Cine Debate EducAção - evento gratuíto que irá discutir o tema "Cuidado com as Crianças: Educar a Família é possível?", dia 02/06/08 (segunda), às 14h.

Será exbido do filme "Juízo - O Maior exige do Menor" (Brasil, 2008), de Maria Augusta Ramos, seguido do debate com Siro Darlan (Desembargador do TJRJ) e Jacques Schwarzstein (Gestor de Programas da UNICEF Rio). Considerando que o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) está chegando a "maior idade" semanas após às eleições dos Conselhos Tutelares, e que os maiores agressores das crianças são da própria família, perguntamos: é possível educar a família para cuidar direito de crianças e adolescentes?

Para se inscrever, ligue (21 2233-7460) ou envie uma mensagem (
acao@acaodacidadania.com.br), com nome, escola/organização e telefone. A inscrição é gratuíta e será entregue certificado após o evento, que será realizado no Centro Cultural Ação da Cidadania - Av. Barão de Tefé, 75, Saúde, Rio de Janeiro/ RJ (próx. Praça Mauá, ao lado da Pro-Matre).
Venha, faça a sua parte pelo fim da miséria através da educação com cultura para cidadania!
Forte abraço,
Maurício Fabião
Sociólogo e Professor
Gestor do Núcleo de Educação
Tel Fax: (21) 2233-7460 2253-8177

Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida