terça-feira, 29 de abril de 2008

Seminário Mídia, Segurança e Direitos Humanos no Rio

Jovens promovem cobertura em tempo real da Conferência Nacional de Juventude e entrevistam o Presidente Lula

Jovens promovem cobertura em tempo real da Conferência Nacional de Juventude e entrevistam o Presidente Lula

A 1ª Conferência Nacional de Juventude, que acontece de 27 a 30 de abril, em Brasília, contará com a participação especial de cerca de 50 jovens representantes de 30 organizações juvenis e 13 Estados. Eles formam um grupo que pretende produzir notícias no formato de texto, imagens, áudio e vídeo para alimentar uma rede de publicações e sites de notícias de todo o Brasil.


Agência Consciência.Net clique aqui www.consciencia.net

A cobertura feita por esses jovens repórteres comunitários é promovida pelo Projeto/ Revista Viração em parceria com a ONG Catavento Educação e Comunicação, Ciranda - Central de Notícias dos Direitos da Infância, a Fundação Friedrich Ebert e a Fundação Athos Bulcão.

Os 50 jovens desenvolvem projetos de comunicação e educação em suas comunidades, escolas e centros culturais e também participam de redes juvenis em nível nacional.

Um dia antes do evento, o grupo estará reunido em Brasília para debater e propor políticas públicas na área de comunicação, partilhar experiências e planejar os trabalhos para a cobertura.
Uma pauta que vem sendo construída há semanas é uma entrevista coletiva especial com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, prevista para dia 28 de abril.

Todo o conteúdo produzido estará disponível no site criado especialmente para a iniciativa: www.revistaviracao.org.br/juventude e nos sites das entidades que enviaram seus representantes e cobriram do próprio caixa as despesas de transporte até Brasília.

Serviço:
O quê: Cobertura jovem da 1ª Conferência Nacional da Juventude
Quando: de 27 a 30 de abril
Onde: Brasília (DF)

Contatos:
Projeto/Revista Viração e Agência Jovem de Notícias - Brasília (DF)
Paulo Lima: (11) 9946-6073
Ionara Silva: (61) 9815-2087
Fernanda Papa: (11) 8149-2489

http://www.consciencia.net/


Lembre-se que você tem quatro opções de participação: (I) Um email de cada vez; (II) Resumo diário; (III) Email de compilação; (IV) Sem emails (acesso apenas online). Para cancelar, envie um e-mail para Agencia-ConscienciaNet-unsubscribe@googlegroups.com ou responda solicitando. Para ver mais opções, visite este grupo em:
http://groups.google.com/group/Agencia-ConscienciaNet?hl=pt-BR


www.consciencia.net/agencia

Recursos e Notícias do Terceiro Setor


1. 156ª REUNIÃO DO CNAS
2. VAGA PARA GERENTE DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS EM RECIFE
3. RECURSOS PARA PROJETOS EM EDUCAÇÃO
4. ATÉ R$ 350 MIL PARA PROJETOS DE TODO O PAÍS
5. OSCIP pode oferecer dedução de impostos?

1. 156ª REUNIÃO DO CNAS
Trata do resumo da 156ª Reunião do CNAS e do adiamento de novas eleições da entidade para o período de 2008/2010 e do Projeto de Lei, que tomou o número 3021 no Congresso Nacional, que tramita em regime de prioridade e introduz profundas alterações na certificação das entidades beneficente de assistência social e regula os procedimentos de isenção de contribuições para a seguridade social. Quanto ao PL 3021, seus pontos principais podem ser facilmente observados pela leitura atenta do mesmo, destacando-se a prestação de contas anual das entidades ao ministério correspondente à sua área de atuação, ou seja, educação, saúde ou assistência social e a análise por esses ministérios dos processos atualmente pendentes de decisão. Mais informações: http://www.servidorlocal.com.br/admin_website/index2.asp?cod=1395&idi=1

2. VAGA PARA GERENTE DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS EM RECIFE

A DEARO está selecionando e recrutando profissionais de captação de recursos e marketing para a vaga de Gerente de Captação de Recursos para uma ONG Internacional com filial em Recife até o dia 30 de abril. Imprescindível fluência oral e escrita em inglês, experiência na área no Brasil ou exterior e disponibilidade para morar em Recife. Os currículos devem ser enviados com pretensão salarial para dearo@dearo.com.br

3. RECURSOS PARA PROJETOS EM EDUCAÇÃO

O Programa "Parceiros em Ação" do Banco Santander abriu suas inscrições no dia 14 de abril e estará recebendo projetos para financiamento a fundo perdido até o dia 13 de junho de 2008. Os projetos de até R$ 60 mil para 12 meses devem contemplar ações na área de educação destinadas a adolescentes, jovens e universitários. Edital e informações:
http://www.santander.com.br/portal/rs/script/ResponsabilidadeSocial.do

4. ATÉ R$ 350 MIL PARA PROJETOS DE TODO O PAÍS

O Fundo Viva o Amanhã, iniciativa mundial da AVON, abre inscrições para seleção de projetos sociais de todo o país. Os projetos deverão ser indicados por uma consultora AVON, e deverão estar focados ao atendimento de mulheres, crianças, jovens, ou promoção de cultura , educação e empreendedorismo cooperativo. Até 27 de maio! Mais informações e inscrições:
http://www.vivaoamanha.com.br

5. OSCIP pode oferecer dedução de impostos?

ONGs com certificação de OSCIP podem oferecer dedução de impostos somente às pessoas jurídicas que sejam tributadas pelo lucro real (geralmente grande porte).
Não podem oferecer dedução às pessoas físicas. Porém, podem ser oferecidas deduções tanto para pessoas físicas como jurídicas caso a OSCIP tenha projetos inscritos nos Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente ou através de leis de incentivo à cultura, como a Lei Rouanet. É importante que a OSCIP verifique em seu município ou estado as Leis de cada um deles, pois cada um possui a sua.

Esse é um serviço informativo sobre oportunidades do Terceiro Setor prestado pela DEARO Marketing Social www.dearo.com.br

Pão e Poesia - Matérias

O Projeto Pão e Poesia uma dos maiores fenômenos culturais de minas Gerais, que tem o Areté Educar como parceiro, é destaque na cobertura da imprensa mineira, veja aqui....
Rede Minas
Jornal O TEMPO
Em anexo:
HOJE EM DIA
CBN - Entrevista da Rosana Lucas


acesse e conheça:
poeminhas para matar o tempo
e distrair dor de dente.
toda semana um poema inédito.

Penúria Alimentar

Século 21 será de 'penúria alimentar' Economista Bruno Parmentier diz que é preciso uma revolução para reverter crise mundial que eleva preço dos produtos

Crítico da produção de biocombustíveis de cereais e oleaginosas, ele afirma que continuidade da produção vai 'converter-se em crime'
Georges Gobet - 25.abr.08/France Presse
Fazendeiro do Senegal usa roupa de espigas durante protesto


MARCELO NINIO
DE GENEBRA

Autor de um livro que faz barulho na Europa por dizer que o século 21 será uma era de penúria alimentar, o economista Bruno Parmentier diz que vai ser necessária uma revolução para reverter a atual crise mundial: na agricultura, no comércio, nos hábitos. Diretor da Escola Superior de Agricultura de Angers (ESA), a mais importante do setor na França, Parmentier critica as organizações internacionais que passaram anos desestimulando a produção agrícola e os biocombustíveis, mas isenta o álcool do Brasil.
Em entrevista à Folha, o autor de 'Nourrir l'humanité' (Alimentar a humanidade) defendeu os subsídios aos produtores, disse que foi um 'erro histórico' confiar a negociação agrícola à OMC (Organização Mundial do Comércio) e questionou a 'contradição' do Brasil, que se torna um grande exportador de alimentos, mas não consegue erradicar a fome.
Leia trechos da entrevista, concedida por e-mail.
FOLHA - Teria sido possível evitar a crise atual?
BRUNO PARMENTIER - Com certeza. Em meu livro, eu explico que o século 21 será de penúria alimentar. Por vários motivos. O esgotamento dos recursos naturais faz com que a revolução agrícola dos anos 1960, que usa muita terra, água e energia, não possa ser levada adiante num período de escassez.
A química já deu à agricultura tudo o que podia no século 20, com os fertilizantes, os fungicidas, os inseticidas e os herbicidas. Hoje ela custa muito caro em termos de energia e acabou poluindo o solo e as águas. Em matéria agrícola, o século da química está chegando ao fim e é preciso deslanchar o da biologia.
Só em 2007 o aquecimento global e suas conseqüências para a agricultura passaram ao primeiro plano das preocupações globais. Será que a Austrália está vivendo uma sucessão de azares com suas estiagens repetidas, ou terá o fenômeno se tornado definitivo?
A elevação acelerada do nível de vida em países asiáticos industrializados provocou um enriquecimento dos hábitos alimentares, com a passagem para uma alimentação à base de produtos animais -carne na China e derivados do leite na Índia. A pressão que essas populações exercem sobre os recursos do planeta se acentua rapidamente. O problema energético mundial já passou para o primeiro plano de maneira duradoura.
Ele afeta a agricultura duplamente: por um lado porque a revolução tecnológica precedente era altamente consumidora de energia. Em segundo, porque se passou a exigir da agricultura que ela preencha os pratos e os tanques dos automóveis. É importante acabar imediatamente com esse erro histórico: não temos cereais e oleaginosas suficientes e queimá-los torna-se um crime.
Destruímos sistematicamente todos os programas de apoio à agricultura produtora de alimentos em todo o mundo. O Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional chegaram a impor esse desengajamento como condição para a concessão de sua ajuda aos países endividados, incentivando-os apenas a produzir culturas industriais que lhes permitiriam obter nos mercados internacionais divisas para saldarem suas dívidas.
FOLHA - É possível frear a alta dos preços de alimentos?
PARMENTIER - Sim, podemos sair desta crise, mas ela vai durar muito tempo. O Banco Mundial admitiu que se engana há 20 anos e que precisa fazer uma revisão completa de suas políticas para, a partir de agora, privilegiar o desenvolvimento da pequena agricultura alimentar. Isso pode produzir resultados, mas apenas dentro de vários anos -pelo menos entre cinco e dez.
FOLHA - Qual é o impacto dos biocombustíveis nos preços dos alimentos?
PARMENTIER - Para mim, até hoje o único impacto real e comprovado é o dos biocombustíveis norte-americanos à base de milho, que desde o início de 2007 provocaram um verdadeiro choque no México, quando o preço da tortilha teve um aumento de 50%.
Mas, se continuarmos com essa política insensata de queimar cereais ou oleaginosos em nossos motores, esse erro inicial dos agrocombustíveis de primeira geração vai de fato converter-se em crime.
FOLHA - E o álcool produzido no Brasil?
PARMENTIER - Existe uma diferença essencial: no Brasil vocês já estão de certo modo nos biocombustíveis de segunda geração, ou seja, feitos a partir da planta inteira, a biomassa -logo, não a partir do grão. Me parece que vocês estão indicando o caminho a seguir, e, é claro, sua produtividade é bem melhor que a nossa. Em contrapartida, observo que o Brasil, grande país agrícola, fortemente exportador, não consegue alimentar corretamente sua própria população.
O Brasil terá que resolver essa contradição: alimenta países muito distantes, enche muitos tanques de combustível, mas ainda há milhões de brasileiros que têm fome.
FOLHA - Um acordo na Rodada Doha poderia ajudar a resolver o problema, ao facilitar as relações comerciais?
PARMENTIER - Nesse ponto, sou radical: o fato de a responsabilidade pela agricultura e a alimentação mundial ter sido tirada da FAO (Organização da ONU para Alimentação e Agricultura) para ser confiada a uma assembléia de comerciantes, a OMC, é um erro histórico. Esta crise nos permite ver muito bem que os comerciantes são totalmente incapazes de resolver o problema da fome no mundo. Acreditar que comerciantes vão levar a povoados no fim do mundo produtos agrícolas que pesam muito, que apodrecem facilmente, para dá-los a pessoas que não têm dinheiro, é uma fraude intelectual.
Não se pode alimentar a humanidade com os excedentes de produção de alguns países. Se o Brasil pode alimentar 50, 100 ou 150 milhões de pessoas além de sua própria população, tanto melhor -é um serviço verdadeiro que prestará à humanidade, e será bom para ele, que, de passagem, se enriquecerá. Mas estamos falando hoje em 850 milhões de pessoas que passam fome, e muito provavelmente de outros 50, 100 ou 150 milhões a mais até o final de 2008, sendo que a população mundial aumenta em 80 milhões de pessoas a cada ano.
Não compreendo como pessoas que raciocinam possam imaginar que esse comércio vá evitar as revoltas provocadas pela fome. Vejam o primeiro reflexo da ação dos grandes países exportadores de arroz que fecharam suas fronteiras e proibiram as exportações, para garantir a alimentação de suas próprias populações. No século 21, depender de outros países para se alimentar é fazer uma aposta num futuro extremamente perigoso.
É preciso reavaliar por completo a organização da agricultura mundial. Não há nada mais urgente que fechar as fronteiras, e organizar, nos países que têm fome, a mesma política que deu certo nos grandes países povoados que conseguiram se alimentar, como Estados Unidos, Europa e China: fechar as fronteiras para proteger sua agricultura e dar apoio maciço a seu desenvolvimento. Mas isso não deve preocupar o Brasil: ele ainda terá por muito tempo compradores para seus produtos, pois vamos viver um período prolongado de penúria.
FOLHA - Quais são as maiores ameaças à segurança alimentar?
PARMENTIER - Estamos chegando aos limites dos recursos do planeta, tudo o que antes era abundante se torna limitado. É preciso saber produzir com menos e parar de degradar o clima. O outro desafio é o de encontrar políticas de desenvolvimento da agricultura numa grande parte do planeta onde pura e simplesmente se parou de dar trabalho a camponeses.
FOLHA - Os subsídios dos países ricos a seus produtores contribuem para a alta dos preços de alimentos, como diz o presidente Lula?
PARMENTIER - Não creio que as subvenções agrícolas realmente causem a insegurança alimentar. O problema é que apenas os países ricos têm condições de pagar uma verdadeira segurança alimentar. Mas pensar que os países mais pobres conseguirão exportar sua produção agrícola à Europa e aos Estados Unidos se todas as fronteiras forem abertas me parece um engodo intelectual: eles não têm excedentes, e, quando produzem, sua produtividade é muito menor. A solução é exatamente o inverso: é preciso generalizar a proteção da agricultura produtora de alimentos e a subvenção a essa agricultura.
FOLHA - Estamos nos dirigindo a uma mudança nos hábitos alimentares mundiais?
PARMENTIER - Com certeza. É urgente acelerar o processo de transição alimentar. Dos 6,655 bilhões de habitantes do planeta, 887 milhões são subnutridos e 1,12 bilhão têm excesso de peso. Isso faz sentido? É preciso que os ricos comam menos carne e açúcar, mas também que centenas de milhões de pobres possam comer carne e açúcar de vez em quando. Produziremos mais, em total, no planeta, mas a divisão do que se produz acabará sendo melhor para a saúde de todos. Isso é de nosso interesse coletivo, é claro.
Mas, além dessa mudança de hábitos alimentares, é preciso parar de desperdiçar. Como é possível que cause alegria em seu país, por exemplo, a abertura de restaurantes em que se paga um preço fixo ao entrar e a comida é ilimitada? Isso é provavelmente algo que tem suas raízes na cultura brasileira, mas que não corresponde de modo algum às exigências e aos desafios do século 21.

Tradução de CLARA ALLAIN

Programação da Semana

1º Seminário Nacional da Viola Caipira

Resgatar um pouco da cultura da viola. Esse é um dos objetivos do 1º Seminário Nacional da Viola Caipira que acontece de 25 à 27 de abril em Belo Horizonte promovido pela Associação Nacional dos violeiros do Brasil. O evento acontecerá no SESC Venda Nova com um Concerto de Encerramento no domingo (27), às 20h30 no Teatro SESI MINAS. O forúm de discussão é aberto para a participação gratuita com inscrição prévia pelo site www.anvb.org.br.

"Tempos Modernos"

O artista plástico Jorge Fonseca apresenta sua exposição “Tempos Modernos” de 23 de abril a 14 de maio na Galeria de Arte da Cemig. Composta por 11 objetos cinéticos, o artista quis retratar várias "máquinas de fazer voar", em alusão ao objeto tão presente no imaginário infantil e que permite aos espectadores da arte "viajar" pelas obras expostas. São estruturas de madeira, em várias dimensões e acabamentos, que reúnem manivelas interligadas por engrenagens.

Show com Tita Parra - voz e violão

O projeto Uma tarde no Campus da UFMG apresenta nesta quinta-feira (24), show voz e violão com a cantora e compositora chilena Tita Parra, no Auditório da Reitoria da UFMG.

Cine TJ exibe Match Point, de Woody Allen

O Cine TJ dessa semana apresenta Match Point, de Woody Allen. A exibição acontece nesta quinta-feira (24), às 19 horas no Tribunal de Justiça.

Projeto Zás, com Grupo Xicas da Silva

A próxima edição do Projeto Zás, no dia 25 de abril, apresenta o grupo “Xicas da Silva”. Criado no final de 2003, o grupo é formado por donas de casa, universitárias, negras, brancas, ricas e pobres, meninas e mulheres de múltiplas origens que vêm representar as áreas de teatro, circo, canto, percussão, bateria, dança de salão e literatura. A apresentação será no Espaço Político-Cultural Gustavo Capanema.

Mostra de Música Contemporânea - EU GOSTARIA DE OUVIR

No dia 26 de abril, sábado, começa a mostra de música contemporânea EU GOSTARIA DE OUVIR que traz ao público belo-horizontino, em quatro concertos gratuitos, obras de 17 compositores mineiros, muitas delas inéditas, nunca tocadas em público. A série de concertos acontecerá nos últimos sábados dos meses de abril, maio, junho e outubro de 2008, na Sala de Música Sergio Magnani da Fundação de Educação Artística (FEA) e tem coordenação dos músicos Rafael Nassif, Felipe Rossi e Felipe Arruda.

Dia Mundial da Pinhole em Belo Horizonte

No dia 27 de abril para comemorar o dia Mundial da Pinhole em Belo Horizonte serão oferecidas oficinas gratuitas de Técnicas de Fotografia Pinhole (câmeras de orifício) com laboratório montado no Coreto do Parque Municipal. Cada oficina terá 15 alunos e duração de 1 hora e 30 minutos ao longo do dia.

A 4ª edição do Aqui Jazz abre a programação de 2008

Quarta edição do Projeto “Aqui Jazz” começa, domingo, dia 27 de abril, na Praça Duque de Caxias, em Santa Tereza. Quem abre a programação de 2008 é o grupo musical “Take Five”.

Segunda Musical, com Gustavo Nápoli e Míriam Bastos

A próxima edição do projeto “Segunda Musical”, dia 28 de abril no Espaço Político-Cultural Gustavo Capanema, realiza apresentação dos músicos Gustavo Nápoli, oboé e Miriam Bastos no piano. O projeto é uma iniciativa de ocupação artística do Teatro da Assembléia e conta com o apoio institucional da Escola de Música da UEMG. As apresentações sempre mesclam o erudito e o popular.

Sempre um Papo, com Zuenir Ventura

O jornalista e escritor Zuenir Ventura é o convidado da edição do dia 28 de abril do Projeto Sempre um Papo. Zuenir vem a Belo Horizonte para o debate e lançamento do seu mais recente livro, "1968, 40 Anos Depois - O que restou de Nós". O encontro acontece às 19h30, no Auditório da CEMIG. A entrada é franca, mas serão aceitas doações de livros para as bibliotecas comunitárias adotadas pelo projeto “Biblioteca Sempre Um Papo”.
O primeiro site de divulgação de eventos culturais gratuitos de Minas Gerais.
http://www.guiaentradafranca.com.br/

Profissão Professor: Uma paixão da alma

PROFISSÃO PROFESSOR: uma paixão da alma

Nos dicionários encontramos a definição de alma, como princípio da vida. Na filosofia, em geral significa entidade a que se atribuem, por necessidade de um princípio de unificação, as características essenciais à vida (do nível orgânico às manifestações mais diferenciadas da sensibilidade) e ao pensamento, e que se define em oposição a corpo (embora não necessariamente a matéria) e, às vezes, a espírito, estando associadas à consideração da idéia de alma as questões da imortalidade, da personalidade, da individualidade, da consciência, etc., com todas as implicações morais, religiosas e metafísicas que elas suscitam. Princípio espiritual do homem concebido como separável do corpo e imortal. O conjunto das funções psíquicas e dos estados de consciência do ser humano que lhe determina o comportamento, embora não tenha realidade física ou material; espírito. Sede de afetos, dos sentimentos, das paixões. Aurélio Agostinho (354-430) mais conhecido por Santo Agostinho, numa doutrina sobre a alma, escreve que "a alma é a sede das capacidades humanas de compreensão, percepção, sentimento, raciocínio, em suma, de todas as potencialidades do espírito".

A alma não é o produto das condições fisiológicas, mas a forma do corpo, o qual recebe dela o ser e o operar.

É a consciência e a personalidade intelectual e moral, sobretudo razão e conhecimento.

Descartes relacionou na obra 'As Paixões da Alma' o que ele definiu como as seis paixões primitivas:

1. Admiração = quando o primeiro contato com algum objeto nos surpreende e o consideramos novo ou muito diferente do que conhecíamos antes ou então do que supúnhamos que ele devia ser, isso faz que o admiremos e fiquemos espantados com ele. À admiração une-se a estima ou o desprezo, dependendo de o que admirarmos ser a grandeza de um objeto ou sua insignificância.

2. Alegria = é a consideração do bem que nos é representado como pertencente a nós que excita em nós a alegria.

3. Amor = quando uma coisa nos é representada como boa com relação a nós, isto é, como nos sendo conveniente, isso nos faz ter amor por ela.

4. Desejo = quando desejamos adquirir um bem que ainda não possuímos ou evitar um mal que julgamos poder acontecer, mas também quando apenas desejamos a conservação de um bem ou a ausência de um mal. É evidente que ela sempre leva em conta o futuro.

5. Ódio = quando uma coisa nos é representada como má ou prejudicial, isso nos excita ao ódio.

6. Tristeza = é a consideração do mal que nos é representado como pertencente a nós que excita em nós a tristeza.

Definindo, as paixões da alma como sendo "percepções, ou sentimentos, ou emoções da alma, que relacionamos especificamente com ela e que são causadas, alimentadas e fortalecidas por algum movimento dos espíritos".

O termo emoção [émotion] designa "um movimento extraordinário que agita o corpo ou o espírito e que lhe perturba o temperamento ou a disposição". Da mesma forma, "emocionar" [émouvoir] significa "abalar para pôr em movimento".

Segundo Descartes, a alma é o agente em suas volições que terminam na própria alma ou no corpo.

Das funções da alma:

VONTADE – São de dois tipos. Nossas vontades são de dois tipos, pois umas são ações da alma, que terminam na própria alma (aplicar nosso pensamento em algum objeto que não é material). As outras são ações que terminam em nosso corpo, como quando, somente porque sentimos vontade de passear, segue-se que nossas pernas se mexem e nós caminhamos.

PERCEPÇÃO – também são de dois tipos. Umas têm como causa a alma, e as outras o corpo. As que têm como causa a alma são as percepções e nossas vontades e de todas as imaginações ou outros pensamentos que dependem de nossas vontades. As percepções que relacionamos somente com a alma são aquelas cujos efeitos sentimos como estando na própria alma, e das quais habitualmente não conhecemos uma causa próxima à qual possamos atribuí-las.

Na segunda parte são examinadas as paixões define cada uma das paixões Admiração; Alegria; Amor; Desejo; Ódio; Tristeza.

Na terceira parte do tratado examina as diferentes paixões derivadas das originais, denominadas por ele de 'paixões específicas', e relaciona 31 delas:

1. Arrependimento – é diretamente contrário à satisfação consigo mesmo; e é uma espécie de tristeza, que provém de acreditarmos que fizemos alguma ação má; e é muito amarga, porque sua causa provém somente de nós.

2. Ciúme = é uma espécie de temor, que se relaciona com o desejo de conservarmos a posse de algum bem; e não provém tanto da força das razões que levam a julgar que podemos perdê-lo, como da grande estima que temos por ele, a qual nos leva a examinar até os menores motivos de suspeita e a tomá-los por razões muito dignas de consideração.

3. Cólera – é também uma espécie de ódio ou de aversão, que sentimos contra os que fizeram algum mal ou tentaram prejudicar não a qualquer pessoa indiferentemente, mas particularmente a nós. Assim, ela contém exatamente o mesmo que a indignação, e ademais fundamenta-se em uma ação que nos atinge e da qual temos desejo de vingar-nos.

Nota: Por uma opção pessoal, sempre preferi a expressão ira (impulso violento contra o que nos ofende, fere ou indigna; raiva, fúria, furor, zanga) em vez de cólera, de vez que essa atualmente está correlacionada com uma doença. Apenas uma questão semântica.

4. Coragem / Ousadia = Coragem, quando é uma paixão e não um hábito ou uma inclinação natural, é um certo calor ou agitação que dispõe alma a aplicar-se intensamente na execução das coisas eu quer fazer, qualquer que seja a natureza delas. E a ousadia é uma espécie de coragem que dispõe a alma para a execução das coisas que são as mais perigosas.

5. Covardia / Medo = A covardia é diretamente oposta à coragem, e é uma languidez ou frialdade que impede a alma de aplicar-se na execução das coisas que faria se estivesse isenta dessa paixão. E o medo ou pavor, que é contrário à ousadia, não é somente uma frialdade mas também uma perturbação e uma estupefação da alma, que lhe tiram o poder de resistir aos males que julga estarem próximos.

6. Desdém = é a inclinação que a alma tem para desprezar uma causa livre, julgando que, embora por sua natureza ela seja capaz de fazer o bem e o mal, no entanto está tão abaixo de nós que não pode fazer-nos nem um nem outro.

7. Desprezo - Falta de apreço; desconsideração, desdém. Fazer-se desprezível; abandalhar-se, aviltar-se.

8. Emulação = é tão somente um calor que dispõe a alma a empreender coisas em que espera poder ser bem sucedida, porque vê outros serem bem sucedidos nelas; e assim, é uma espécie de coragem cuja causa externa é o exemplo.

9. Esperança / Temor = a esperança é uma disposição da alma para se persuadir de que aquilo que deseja acontecerá, é causada por um movimento particular dos espíritos, ou seja, pelos da alegria e do desejo misturados simultaneamente. E o temor é uma outra disposição da alma, que a persuade de que aquilo não acontecerá. Quando a esperança é forte se denomina segurança. Quando o temor é extremo se converte em desespero.

10. Estima - Sentimento da importância ou do valor de alguém ou de alguma coisa; apreço, consideração, respeito. Afeição, afeto; amizade.

11. Fastio – é uma espécie de tristeza, que provém da mesma causa de que proveio antes a alegria.

12. Favor – é propriamente um desejo de ver acontecer o bem a alguém para com quem temos boa vontade. É uma espécie de amor, não de desejo, ainda que o acompanhe sempre o desejo de ver o bem para aquele que favorecemos.

13. Generosidade - Que revela generosidade, nobreza, liberalidade; próprio de quem é generoso. Que gosta de dar; pródigo. Que perdoa com facilidade. Nobre, leal, valente.

14. Glória – é uma espécie de alegria, fundamentada no amor que temos por nós mesmos e que provém da opinião ou da esperança que temos de ser louvados por alguns outros.

15. Humildade - Virtude que nos dá o sentimento da nossa fraqueza. Modéstia, pobreza (mas não de espírito). Respeito, reverência.

16. Imprudência – ou descaramento, que é um desprezo pela vergonha e frequentemente também pela glória, não é uma paixão, porque não há em nós um movimento particular dos espíritos que a excite; mas é um vício oposto à vergonha, e também à glória, na medida em que uma e outra são boas, assim como a ingratidão é oposta ao reconhecimento e a crueldade à piedade.

17. Indignação – é uma espécie de ódio ou de aversão que sentimos naturalmente contra os que fizeram algum mal, de qualquer natureza que seja. Frequentemente ela está misturada com a inveja ou com a piedade.

18. Ingratidão – ela não é uma paixão, pois a natureza não colocou em nós qualquer movimento dos espíritos que a excite; mas é somente um vício diretamente oposto ao reconhecimento, na medida em que este é sempre virtuoso e um dos principais laços da sociedade humana.

19. Inveja – é um vício que consiste em uma perversidade de natureza, que faz certas pessoas ficarem contrariadas com o bem que vêem acontecer aos outros homens.

20. Irresolução = é uma espécie de temor que, mantendo a alma hesitante entre várias ações que pode praticar, faz que não execute nenhuma e assim tenha tempo para escolher antes de decidir-se. Nisso realmente ela tem algum uso que é bom. Mas quando dura mais do que deve e leva a empregar em deliberação o tempo que é necessário para agir, é muito má.

21. Lamento – é também uma espécie de tristeza, que tem uma amargura particular por estar sempre unida a algum desespero e à lembrança do prazer que a fruição nos proporcionou.

22. Orgulho - Sentimento de dignidade pessoal; brio, altivez. Conceito elevado ou exagerado de si próprio; amor-próprio demasiado; soberba.

23. Piedade - é uma espécie de tristeza, misturada com amor ou boa vontade para com aqueles que vemos sofrer algum mal do qual os consideramos não merecedores. Ela é contrária a inveja em razão de seu objeto.

24. Reconhecimento – também é uma espécie de amor, excitado em nós por alguma ação da pessoa por quem o temos, e pelo qual acreditamos que ela nos fez algum bem ou pelo menos teve intenção disso.

25. Regozijo – é uma espécie de alegria na qual há isto de particular: sua doçura é aumentada pela lembrança dos males que sofremos e dos quais nos sentimos aliviados, da mesma forma como se nos sentíssemos desembaraçados de algum fardo pesado que por muito tempo tivéssemos carregado nos ombros.

26. Remorso – é uma espécie de tristeza que provém da suspeita que temos de que uma coisa que estamos fazendo ou que fizemos não é boa.

27. Satisfação consigo mesmo – a satisfação que têm aqueles que seguem constantemente a virtude é em sua alma um hábito, que se denomina tranqüilidade e paz de consciência.

28. Segurança / Desespero - Confiança em si mesmo; autoconfiança. Estado, qualidade ou condição de seguro. Condição daquele ou daquilo em que se pode confiar. Certeza, firmeza, convicção. / Aflição extrema. Raiva, cólera, furor. Irar-se, encolerizar-se, enfurecer-se.

29. Veneração = ou respeito é uma inclinação da alma não somente para estimar o objeto a que reverencia, mas também para se submeter a ele com algum temor, a fim de tentar torná-lo favorável a si. Sentimos ódio por esse mal, e sentimos alegria por vê-lo em alguém que o merece.

30. Vergonha – é uma espécie de tristeza, fundamentada também no amor por nós mesmos, e que provém da opinião ou do temor que temos de ser censurados.

31. Zombaria – a derrisão ou zombaria é uma espécie de alegria misturada com ódio, que provém de percebermos algum pequeno mal numa pessoa que pensamos ser merecedora dele.

Aprendizagens e reflexões possíveis:

Você ama a sua profissão "com todo o seu coração; com toda a sua alma; com toda a sua mente; com toda a sua força?"

O amor é a chave para viver plenamente a vida.

Você é mais do que sabe, e mais do que imagina que você é.

Pode ser um professor:

Centrado no coração – seus sentimentos se manifestam basicamente, por intermédio da prática da gratidão.

Centrado na alma – seus sentimentos estão fortemente baseados na prática da contemplação.

Centrado na mente – se expressa na vida por intermédio da prática da percepção atenta.

Centrado na força – se expressa por intermédio da prática do compromisso.

Para Descartes, a alma é constituída pela res cogitans, a natureza da alma é imortal e suas faculdades são: sensação, imaginação ou fantasia e razão.

Concluo com Sócrates que o homem é sua alma. Se o homem é a alma, a virtude do homem se atua com a "cura da alma", fazendo com que ela se realize da melhor forma possível. E como alma é atividade cognoscitiva, a virtude será essencialmente potencialização dessa atividade, ou seja, será "ciência", "conhecimento".

Estamos frequentemente buscando algum modo de transformar aquilo que fazemos em algo que tenha valor (para nós, nossos alunos, para a organização educacional em que trabalhamos) – que faça uma diferença?

MORENO, Luiz Carlos.
Pedagogo. Especialista em Educação e em Andragogia. Pós Graduado em Administração da Educação; em Didática do Ensino Superior; em Gestão Estratégica e Qualidade.
Professor no Centro Universitário Barão de Mauá.
Consultor de Desenvolvimento Humano (Aprendizagem; Educação; Comportamento; Conhecimento e Inteligência).
E-mail: lcmoreno@uol.com.br

Referência bibliográfica:

Descartes, René. As paixões da alma; introdução notas, bibliografia e cronologia por Pascale D'Arcy; tradução Rosemary Costhek Abílio. - 2ª ed. – São Paulo: Martins Fontes, 2005. – (Clássicos)

Norton, Robert. Decifrando o código da alma: encontre as respostas para a sua vida no seu DNA espiritual / Richard Southern; tradução Newton Roberval Eichemberg. – São Paulo: Cultrix, 2006.

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Curso de Ciências Eco-Espirituais Associação Ipê

Curso de Ciências Eco-Espirituais Associação Ipê

O objetivo do curso é o enriquecimento cultural, desenvolvimento da mente e o despertar de virtudes, através do estudo dos conteúdos propostos.

Esta é uma iniciativa altruísta, mantida pela colaboração voluntária dos
professores e da coordenação.

O curso é dedicado a todas as pessoas que buscam o aprimoramento como ser humano, fornecendo uma ampla visão da Vida.

São abordados conteúdos das mais diversas áreas numa abordagem transdisciplinar, favorecendo a integração da ciência, cultura, religião, arte, política, ecologia e espiritualidade.

Alguns dos temas oferecidos são:

- Filosofia, metafísica, sentido da vida;
- Ética, moral, exercício de cidadania, governo de si;
- História da psicologia, psicologia junguiana e transpessoal;
- Programação neurolingúistica, parapsicologia;
- Ciência e religiosidade, fé e razão, física quântica;
- Cosmogênese, mitologia, origem da vida, cultura indígena;
- Religiões comparadas;
- Projetos sociais, movimentos filosófico-espirituais;
- Ecologia profunda, permacultura, agricultura orgânica;
- Sistemas medicinais, saúde e cura, educação alimentar;
- Práticas artísticas, yoga, tai-chi-chuan, biodança;

O curso acontece aos finais de semana, uma vez por mês.
As aulas de sábado vão das 8 às 17 horas e domingo das 8 às 12:30 horas, facilitando a participação de professores e alunos que residem mais distante.

Local do Curso

Paróquia do Mártir São Sebastião - Praça Major Domingos de Carvalho, 46, Centro (Varginha – MG)

Esta iniciativa pode ser aplicada em outros locais.

Informações: Tatiana Regina S. Reis: (35) 3222-3070 – ipevga@gmail.com

Associação Ipê
Rua Carajás, 115, Varginha – MG, B.Rezende, Cep 37062.240
Tel: (35) 3222-3070/9947-7780
CNPJ 07.715.513/0001-28/Conta Poupança 42.913-9, Variação 01,
Agência 0032-9, Banco do Brasil
http://www.mapa.org.br/webforms/relatorio/organizacao/secao1.aspx?IDORG=600811

CURSO DE CIÊNCIAS ECO-ESPIRITUAIS

NOS DIAS 26 e 27/04 TEREMOS:

DESENVOLVIMENTO ARTÍSTICO
Vanessa Caldeira Teixeira Reis
Artista Visual / Pós-graduanda em Arte, Educação e Tecnologias Contemporâneas (UNB – Brasília)

ANTROPOLOGIA
Zionel Santana
Professor de Filosofia / Doutorando em Filosofia

HISTÓRIA DAS RELIGIÕES
Maria José Resende Pinto
Professora de ensino religioso e Teologia

EDUCAÇÃO MUSICAL
Marcelino Diogo Leite
Concertista / Professor de Violão, Percepção Musical e História da Música do Conservatório Estadual de Música de Varginha – MG

MOMENTO CULTURAL
Régis Figueiredo
Arquiteto / Estudioso de Semiótica e Pragmatismo

LOCAL: Paróquia do Mártir São Sebastião - Praça Major Domingos de Carvalho, 46, Centro (Varginha – MG)

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES: Tatiana Regina Sandy Reis – (35) 3222-3070
ipevga@gmail.com

Curso de Extensão na USP discute Mídia e Políticas Públicas Sociais

Curso de Extensão na USP discute Mídia e Políticas Públicas Sociais

Pelo segundo semestre consecutivo, a Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) promove, em parceria com a Agência de Notícias dos Direitos da Infância (ANDI), o curso de extensão "Jornalismo e Políticas Públicas Sociais".

A disciplina pretende estimular o debate sobre o tratamento que a mídia oferece às políticas sociais em geral e às políticas para a infância e adolescência em particular. Para tanto, serão examinados casos concretos de cobertura da mídia brasileira de modo a aprofundar as discussões sobre a qualidade da informação jornalística sobre o assunto, oferecendo, portanto, subsídios para aprimorar o tratamento editorial dispensado ao tema.

Nessa edição as aulas passarão a ter 3 horas de duração. Para além da participação de jornalistas e especialistas de diversas áreas - que irão debater os principais aspectos que compõem uma boa cobertura jornalística dessa temática, como questões orçamentárias, direitos humanos, desigualdade e direitos da infância e adolescência -, atividades práticas serão desenvolvidas com o objetivo de promover um maior debate entre os estudantes sobre cada temática abordada.

Os encontros irão acontecer sempre às segundas-feiras, de 28 de abril e 30 de junho, no Auditório Freitas Nobre da ECA-USP, das 10h às 13h. A inscrição é gratuita e poderá ser realizada entre os dias 14 e 25 de abril, das 10h às 16h, no Departamento de Jornalismo e Editoração da ECA, localizado na avenida Professor Lúcio Martins Rodrigues, 443, Cidade Universitária, São Paulo. A carga horária total do curso será de 30 horas.

O curso faz parte das atividades do Programa InFormação, que conta com apoio estratégico da Fundação W.K.Kellogg e o apoio do Fórum Nacional de Professores de Jornalismo. O objetivo do Programa é a qualificação de estudantes de jornalismo na cobertura da agenda social brasileira.

Mais informações
Telefone: (11) 3091-4058 (Falar com Paulo)
E-mail: pcbontempi@usp.br
Site: http://www.informacao.andi.org.br
Coordenação de Relações Acadêmicas: cra@andi.org.br

Curso de Elaboração de Projetos Sociais para Captação de Recursos e Patrocínio + Avaliação de Projetos Sociais

Curso de Elaboração de Projetos Sociais para Captação de Recursos e Patrocínio + Avaliação de Projetos Sociais
Dias 28, 29 e 30 de abril das 9h às 17h no Rio de Janeiro
Informações e inscrições no www.dearo.com.br ou ligue no (11) 3722-3929

Em 12 anos de atividades práticas, a DEARO vem estudando, testando e implementando idéias que um dia foram apenas SONHOS. A habilidade de colocar uma idéia no papel de forma organizada e atraente ao patrocinador é o que o mercado espera na busca de parcerias. PARCERIA é um processo de união onde os dois ou mais lados investem e ganham juntos.

Está comprovado que os recursos existem em diversas esferas no Brasil, o que faltam são BONS projetos.

Elaborar BONS projetos é a arte de criar, pensar, pesquisar, analisar e administrar recursos dentro de um cronograma lúcido de ações, com qualidade profissional e espírito empreendedor.

Metodologia Inovadora
Nesse curso, os participantes terão a oportunidade de se colocar no lugar do Avaliador de Projetos. Você já pensou em estar nesse lugar? Será que investiria em seu próprio projeto? Através de ferramentas áudio-visuais e estratégias de aplicação prática, o participante poderá construir seu projeto em sala de aula de maneira profissional, estando ao final do curso habilitado para escrever qualquer tipo de projeto social, enfatizando a responsabilidade social e os objetivos estatutários de sua organização, com a habilidade criativa exercitada para criação de propostas de parceria.

PROGRAMAÇÃO
Teoria - Idéias, Programas e Projetos - A Equipe de Elaboração de Projetos - Etapas de um Projeto - A Equipe de Implementação do Projeto - A Elaboração - Escrevendo a Proposta de Projeto
Prática - Componentes de uma proposta - Capa - Resumo Executivo - Apresentação - Introdução - Contextualização - Justificativa - Objetivos - Metas - Público-alvo e beneficiário - Metodologia - Cronograma físico-financeiro - Avaliação - Critérios de avaliação de projetos, Captação de Recursos.

LOCAL
O curso é oferecido em parceria com a UNIGRANRIO/UNINFO e o Instituto Tecnológico de Pesquisa e Educação Profissional - ITPEP, e acontece no auditório do prédio Barão de Mauá que fica na Avenida Francisco Bicalho, S/N. Estacionamento gratuito no local.

DATA
Dias 28, 29 e 30 de abril - segunda à quarta-feira - das 9h às 17h.

INVESTIMENTO
- 4 parcelas de R$ 139,00 ou R$ 490,00 à vista.
- Desconto especial para ex-alunos, grupos da mesma ONG. Estão inclusos: café da manhã, lanche da tarde, material didático apostilado e certificado.

MINISTRANTE
Ricardo Maluf - Atuante há 23 anos no Terceiro Setor. Realizou trabalhos na SOS Mata Atlântica, Amyr klink Planejamento e Pesquisa, consultor para projetos especiais - Paris Dakar, Brasil no everest, Feira de Tecnologia Ambiental, MASP e idealizador e produtor de projetos de captação de recursos. Coordenador de desenvolvimento do Instituto Peabiru e diretor de mobilização de recursos dos Partners of Americas - São Paulo - Illinois.

Desenvolvimento de Lideranças Comunitárias: Reflexões e Sugestões

Disponível livro para cópia pela internet: "Desenvolvimento de Lideranças Comunitárias: Reflexões e Sugestões"

Idis dispõe cópia eletrônica do livro "Desenvolvimento de Lideranças Comunitárias: Reflexões e Sugestões".
A obra reúne textos produzidos com base em experiências e aprendizagens acumuladas durante a execução do Programa DOAR.

Entre aqui para acessar o documento
http://www.idis.org.br/biblioteca/publicacoes/liderancas-web.pdf/view

Sítio da prefeitura de São Paulo disponibiliza Atlas do Desenvolvimento
http://www.mapa.org.br/artigo.aspx?ID=354

Atencao Rio de Janeiro para o Seminario Regional de Filosofia

Educação para o Pensar: Filosofia viva, ética e transformadora
Folder versão imagem:
Clique
AQUI para capa
Clique
AQUI para verso

Folder versão PDF:
Clique
AQUI para PDF

Informações e Contatos:
Nufep/RJ (21) 3414-2814 com
a Profa. Angela Paiva
- nufep.rj@globo.com

ou Prof. Zeca (48) 3025-2909
- seminariorj@portalser.net

SAIBA MAIS SOBRE NÓS E...

Faça parte de nosso perfil no
Orkut.

Clique
aqui para conhecer o novo Jornal Corujinha!

Receba gratuitamente nosso boletim informativo - newsletter.

Clique aqui para assinar.

Conheça os novos Catálogos 2008 da Editora Sophos através desta página.

...DEIXE-NOS SABER MAIS SOBRE VOCÊ:

Como nos conheceu? Conte-nos por
aqui.

Registre seus comentários,
participe de nosso Mural de Recados.

Converse via chat livre e a qualquer momento com nossa Assessoria Filosófico-Pedagógica online.

Relacione-se com nossa comunidade nacional de professores.

Saiba mais sobre a Editora Sophos

Visite-nos:

Rua Cristovão Nunes Pires, 161 - CEP 88.010-120 - Centro - Florianópolis/SC
E-mail: contato@portalser.net - Fone/Fax: (48) 3025.2909

Merenda escolar: alimentação saudável é um direito humano

Merenda escolar: alimentação saudável é um direito humano

A alimentação escolar saudável é um direito humano e precisa ser garantida às crianças e adolescentes brasileiros. Para difundir essa idéia, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) inicia uma campanha educativa com o envio de 553 mil cartazes pedagógicos a toda a rede pública de educação infantil e ensino fundamental. O intuito é conscientizar alunos, professores e diretores sobre o direito dos estudantes a uma dieta adequada e nutritiva no ambiente escolar. Os cartazes devem chegar às 170 mil escolas da rede oficial de todo o país até o fim do mês.
O cartaz ainda foi traduzido para três línguas (inglês, francês e espanhol) e será distribuído às embaixadas dos países da América Latina e do Caribe, para que esse trabalho de conscientização também seja feito em outras nações. A peça educativa foi apresentada nesta sexta-feira, 18, no Itamaraty, pelo presidente do FNDE, Daniel Balaban, no Plenário da 30ª Conferência Regional da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) para América Latina e Caribe.
"Os países em desenvolvimento têm de se unir e trabalhar de forma efetiva para acabar com esse triste quadro de crianças morrendo por falta de acesso à comida”, disse Balaban. “Queremos ajudar países como o nosso a implantar programas de alimentação escolar", completou, lembrando que o FNDE já presta apoio técnico a países da África e da América Latina para que o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) seja adaptado às realidades de cada nação.
A campanha brasileira, que reúne os esforços dos ministérios da Educação, do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, das Relações Exteriores, da Saúde e da Secretaria Especial de Direitos Humanos, teve repercussão positiva frente aos representantes dos 33 países que participaram da conferência da FAO. Tanto a FAO quanto o Programa Mundial de Alimentos (PMA), da ONU, se interessaram e irão disponibilizar em seus sítios na Internet a imagem do cartaz nas quatro línguas, para uso pelos países e organismos interessados.
Hábitos saudáveis – Para a coordenadora-geral do PNAE, Albaneide Peixinho, a campanha busca promover a saúde na educação. "Incutir hábitos saudáveis nas crianças é formar adultos saudáveis. Daqui a 20 anos, podemos até reverter o quadro grave da saúde em relação a doenças ligadas diretamente à alimentação, como hipertensão e diabetes", disse. "Está comprovado que uma alimentação adequada contribui para o aprendizado e desempenho na escola."
Segundo a nutricionista Viviane Mustafa, técnica do programa, a iniciativa também tenta promover hábitos alimentares saudáveis fora da escola. “A conscientização é para toda a comunidade: alunos, pais, professores, diretores e integrantes do Conselho de Alimentação Escolar”, afirmou. Ela ressaltou que quem não estiver recebendo uma alimentação adequada na escola deve reclamar ao CAE local.
Amplitude – Considerado um dos maiores programas de alimentação escolar do mundo, o Pnae vai destinar R$ 1,6 bilhão para a suplementação alimentar de 36 milhões de jovens e crianças brasileiras da rede pública da educação infantil e do ensino fundamental, além de atender também as escolas filantrópicas. Ainda este ano, o programa pode ser expandido para o ensino médio, caso o Congresso Nacional aprove o PL 2877/08, enviado pelo Executivo em fevereiro. Com a aprovação, outros 8 milhões de estudantes serão beneficiados com alimentação escolar gratuita.

Assessoria de Comunicação
(61) 3411.3349 / 2747
www.presidencia.gov.br/consea
ascom@consea.planalto.gov.br

domingo, 20 de abril de 2008

Fórum de Cultura de Viçosa

Clique na imagem para ver no tamanho original


Nos dias 23 e 24 de abril será realizado o Fórum de Cultura de Viçosa. Esse evento pretende viabilizar um espaço democrático para se discutir os rumos das atividades culturais da cidade e traçar uma agenda comum de prioridades e de metas para as várias esferas da arte e da cultura. O Fórum acontece num momento oportuno, já que estamos em fase de construção de um Plano Nacional de Cultura e, no âmbito estadual, vários projetos de interiorização da cultura e de redes de articuladores culturais estão sendo concretizados.. Assim, numa primeira etapa, o Fórum pretende informar sobre o andamento desses processos, acatar e direcionar sugestões, procurando inserir as contribuições da cidade nessas redes participativas. Outro objetivo do Fórum é mapear os diversos ramos da arte e da cultura atuantes em Viçosa, propondo uma atividade construtiva de discussão sobre o cenário presente e sobre a projeção de um panorama futuro. É nesse sentido que o convite se estende aos artistas, produtores culturais, representantes de instituições públicas e privadas, empresários, professores e alunos, representantes do terceiro setor e comunidade em geral. Finalmente, o Fórum tem também uma preocupação com a capacitação de agentes culturais, pois a obtenção de recursos financeiros, a elaboração de projetos e a participação em editais são pontos problemáticos para a consolidação das atividades artístico-culturais. Daí o oferecimento de oficinas gratuitas e abertas a todos os interessados. Contamos com a participação de todos!
Sheila Maria Doula - Divisão de Assuntos Culturais – PEC/UFV
Informações:
sheila@ufv.br - Vila Giannetti, 3 . Tel.: (31) 3899 - 2451 - Viçosa – MG

Fórum CAVIV

CMDH/EXTER-046-2008

Belo Horizonte, 18 de abril de 2008

Ref. Convite Fórum CAVIV

Prezado(a) Senhor(a),

A Secretaria Municipal Adjunta de Direitos de Cidadania, por meio da Coordenadoria de Direitos Humanos, convida V.Sa para participar do Fórum do Centro de Apoio às Vítimas de Violência CAVIV/CMDH, a realizar-se no dia 30 de abril, (quarta-feira), às 14 hs, no auditório da Secretaria Municipal de Políticas Sociais, Rua Espírito Santo, 505 18º andar. Centro.

Programação:
- Informes
- Palestra
- Intervalo para café
- Debate

TEMA: VIOLAÇÃO AOS DIREITOS HUMANOS: ANÁLISE DE CONJUNTURA
Palestrantes:
Prof. Dr. Rudá Ricci
Sociólogo, Doutor em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas, Diretor Geral do Instituto Cultiva, Membro da Executiva Nacional do Fórum Brasil do Orçamento, do Observatório Internacional da Democracia Participativa e da Associação Mundial de Educadores Sociais.

Prof. Eduardo Cerqueira Batitucci
Sociólogo, Doutorando em Sociologia e Política pela UFMG, Mestre em Sociologia pela UFMG, Coordenador do Núcleo de Estudos em Segurança Pública/NESP e Pesquisador do Centro de Estudos de Políticas Públicas da Fundação João Pinheiro/MG .

Contamos com a sua presença.

Atenciosamente,

Andréa Moreira Carmona
Coordenadora de Direitos Humanos

Vagas de Empregos

Empresa de grande porte da área de saúde hospitalar em BH contrata:

01) RECEPCIONISTA: 2º grau completo. Experiência em empresas da área de saúde hospitalar ou consultório médico. Áreas de atuação: pronto socorro, unidade de internação, recepção internação, CTI, Ultrasson, radiologia, etc. Bons conhecimentos de Informática e boa digitação. Disponibilidade para trabalhar 12X36 de 10:00 às 22:00 h ou horário comercial ou 12X36 noturno ou diurno.

02) RECEPCIONISTA CONSULTÓRIO MÉDICO: Experiência mínima de 01 ano na função. 2º grau completo. Desejável curso de auxiliar de enfermagem. Bons conhecimentos de informática, principalmente excel, boa digitação. Disponibilidade de horário

03) ESTAGIÁRIO NÍVEL SUPERIOR: Cursando a partir do 4º período do curso de Ciências Biológicas. Horário de trabalho: 7:00 à 13:00 hs. Bons conhecimentos de Informática e boa digitação.

04) ESTAGIÁRIO NÍVEL SUPERIOR: Cursando administração de empresa, gestão hospitalar ou cursos da área administrativa. Horário de trabalho: 08:00 às 17:00h de 2ª à 6ª feira. Área de atuação: diversos vagas na área administrativa.

05) ESTAGIÁRIO NÍVEL SUPERIOR: Cursando ciências contábeis para atuar no setor de faturamento. Horário de trabalho: 08:00 às 17:00h de 2ª à 6ª feira.

06) ESTAGIÁRIO NÍVEL TÉCNICO: Para atuar na farmácia. Cursando curso técnico de farmácia. Horário de trabalho: de 2ª à 6ª de 07:00 às 13:00.

07) ESTAGIÁRIO NÍVEL TÉCNICO: Para atuar na manutenção hospitalar. Cursando técnico em eletronica. Horário de trabalho: 2ª à 6ª - 08:00 às 14:00

08) ESTAGIÁRIO NÍVEL SUPERIOR: Para atuar na área de marketing. Cursando a partir do 5º período do curso de Design Gráfico. Excelentes conhecimentos de corel, photoshop, excel e power point. Horário de trabalho: 08:00 à 12:00 hs. Valor da bolsa: R$200,00 + vale transporte.

09) TÉCNICO DE ENFERMAGEM: Experiência em pronto socorro.

10) TÉCNICO DE ENFERMAGEM: Experiência em CTI.

11) TÉCNICO DE ENFERMAGEM: Experiência em bloco cirúrgico.

12) TÉCNICO DE ENFERMAGEM: Experiência em oncologia.

13) TÉCNICO DE ENFERMAGEM: Experiência em CTI infantil

14) TÉCNICO DE ENFERMAGEM: Experiência em unidade de internação.

15) TÉCNICO DE ENFERMAGEM: Experiência em berçario e maternidade.

16) MOTORISTA DE AMBULÂNCIA: Carteira de motorista D. Formação em Técnico em enfermagem. Horário de trabalho: 12X36 de 06:00 às 18:00 hs.

17) COLHEDOR: Experiência em laboratório.

18) AUXILIAR DE MANUTENÇÃO: Experiência em manutenção hospitalar corretiva / preventiva. Conhecimentos técnicos de eletricidade e hidráulica. Conhecimentos básicos de informática. 2º grau completo. Desejável curso técnico. Horário de Trabalho: 2ª a 6ª feira de 08:00 às 18:00 h.

19) AUXILIAR DE AUTOMAÇÃO: Formação técnica em eletrônica ou automação. Excelentes conhecimentos de informática. Experiência em sistemas e softwares de automação. Horário de trabalho: de 2ª à 6ª - 08:00 às 18:00 hs.

20) MANOBRISTA: 1º grau completo. Sexo masculino. Carteira de Habilitação. Experiência na função.

21) PORTEIRO: Experiência como porteiro na área hospitalar. 1º grau completo. Conhecimentos básicos de informática.
22) AUXILIAR DE FARMÁCIA: Experiência em farmácia hospitalar. 2º grau completo. Horário de trabalho: de 07 as 19 horas - 12x36. Conhecimentos básicos de informática.
23) ENCARREGADO DE LAVANDERIA: Experiência em lavanderia, desejável em lavanderia hospitalar. Informática. Horário de trabalho: de 2ª à 6ª - 08:00 às 18:00 hs.
24) PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS: Estamos montando banco de currículos de profissionais portadores de necessidades especiais. Os interessados devem enviar currículo para o e-mail abaixo, especificando qual é a deficiência no corpo do e-mail.

Os interessados deverão encaminhar curriculum vitae para recrutamentoz@yahoo.com.br , colocando no campo assunto o cargo desejado.

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Prêmio para estimular debate sobre finanças sustentáveis

Prêmio para estimular debate sobre finanças sustentáveis

Para estimular o debate sobre boas práticas de sustentabilidade, o Banco Itaú abre inscrições para a primeira edição do Prêmio Itaú de Finanças Sustentáveis. A iniciativa visa incentivar a produção de reportagens e trabalhos acadêmicos sobre o tema, promovendo um debate focado junto a jornalistas e acadêmicos. O prêmio tem o apoio da consultoria inglesa SustainAbility e do Instituto Ethos.

A premiação tem duas categorias: jornalismo e academia. Em jornalismo, duas modalidades: reportagens em jornais e em revistas. Em academia, três: trabalhos de pós-graduação lato sensu, de mestrado e de doutorado. O vencedor de cada modalidade receberá um prêmio no valor de R$ 10 mil. O participante com o trabalho de maior destaque em cada categoria ganhará ainda uma viagem de uma semana a Londres, com uma agenda de aprendizado em parceria com a SustainAbility e terá seu trabalho analisado pelo fundador da consultoria.

Poderão participar jornalistas com matérias publicadas de 1º de janeiro de 2008 a 1º de outubro de 2008 e alunos e professores de pós-graduação lato sensu, mestrado e doutorado, com trabalhos acadêmicos aprovados por banca examinadora no período de 1º de janeiro de 2006 até 1º de outubro de 2008. As inscrições devem ser feitas pelo site www.itaufinancassustentaveis.com.br até o dia 1º de outubro de 2008.

I Prêmio Libertas incentiva estudos sobre tráfico de pessoas
04 de Abril de 2008

Interessados/as têm até o dia 25 de abril para fazer inscrição no I Premio Libertas, de incentivo a trabalhos acadêmicos sobre tráfico de pessoas. A iniciativa é dividida em duas categorias: estudantes de graduação e graduados em instituições de ensino credenciadas pelo Ministério da Educação. Os trabalhos inscritos devem ter como base os protocolos e convenções da ONU que tratam do crime. O Prêmio Libertas é uma parceria do Ministério da Justiça, através de sua Secretaria Nacional de Justiça [SNJ], com o Escritório da ONU contra Drogas e Crime [UNODC] e a Organização Internacional do Trabalho [OIT].

Para estudantes de graduação, o prêmio é de R$ 2 mil para a terceira posição; R$ 3 mil ao segundo; e R$ 5 mil ao primeiro. Na categoria graduação, as premiações serão de: R$ 5 mil, R$ 7 mil e R$ 10 mil, respectivamente. O edital está em REGULAMENTOFINAL_libertas.doc. Informações sobre o tema podem ser envontradas em www.mj.gov.br e http://www.unodc.org.br/

Viva o Amanhã recebe indicações para apoio a projetos sociais

Viva o Amanhã recebe indicações para apoio a projetos sociais

O fundo Viva o Amanhã, iniciativa mundial da Avon, está com inscrições abertas, até o dia 27 de maio, para a seleção de projetos sociais de todo o país. Cada uma das 1,2 milhão de Revendedoras Avon em todo o Brasil poderá indicar organizações não-governamentais ou organizações da sociedade civil de interesse público que possuam projeto que beneficie a comunidade, privilegiando a participação e o atendimento a mulheres, crianças e jovens e promova a cultura, a educação e o empreendedorismo cooperativo.

As entidades indicadas concorrem a prêmios no total de R$ 350 mil para viabilizar seus respectivos projetos. Podem ser inscritos na iniciativa projetos que se enquadrem em uma das seguintes categorias: protagonismo cultural; educação para o desenvolvimento; e empreendedorismo cooperativo. O regulamento e detalhes sobre como participar estão em www.vivaoamanha.com.br.

Oportunidade de Empregos

II Fórum Internacional de saúde mental e direitos humanos


Clique na imagem para ver no tamanho original

Convite de Lançamentos - Nandyala Livraria & Editora

A Nandyala Livraria & Editora convida para o coquetel de lançamento do livro

Você me deixe, viu?
Eu vou bater meu tambor!
Cidinha da Silva

Convidada Especial
Profa. Dra. Maria Nazareth Soares Fonseca

E apresentação do livro


Eu sou atlântica
sobre a trajetória de vida de Beatriz Nascimento
Alex Ratts

18 de abril de 2008, sexta-feira, 20h

Aguardamos você.

NANDYALA Livraria & Editora
Av. do Contorno, 6.000 - Loja 01 - Savassi - Belo Horizonte - MG
(31)3281-5894 nandyala@nandyalalivros.com.br

Curso sobre "Grande Sertão: Veredas" pela Internet

NONADA: LEITURAS DE GRANDE SERTÃO VEREDAS PELA INTERNET

100 anos de Guimarães Rosa

Enfrentar o texto de Grande Sertão: Veredas se torna, muitas vezes, uma tarefa que afasta de início o leitor, acautelado por determinadas armadilhas que não são outras que as do próprio sertão: lugar onde convivem o bem e o mal, a perdição e graça, a ética e a barbárie. Penetrar a linguagem roseana, requer, antes de tudo, que nos encontremos munidos de determinadas ferramentas de leitura.

O curso "NONADA: LEITURAS DE GRANDE SERTÃO: VEREDAS", se propõe a uma análise detalhada da obra-prima de João Guimarães Rosa. Ao mesmo tempo em que o leitor ficará a par dos procedimentos recorrentes do escritor mineiro na construção de sua linguagem, irá se estabelecer o diálogo com os inúmeros gêneros narrativos que influem na composição do romance. No universo de Guimarães Rosa podemos encontrar traços tanto da épica homérica, dos romances de cavalaria, da tradição fáustica, da literatura de cordel, do folclore brasileiro, passando pela filosofia de Heráclito, Górgias, Kierkegaard, Nietzsche, os koan chineses, Bergson. O sertão é o terreno onde os homens não se encontram ainda presos às convenções. Região da impossibilidade de se discernir o certo do errado, o verdadeiro do falso, deus e o demo. A errância de Riobaldo, o jagunço-filósofo, não encontra nem um ponto de chegada ou de saída, sua vida se dispõe, como ele mesmo diz, no meio da travessia. E é pela incapacidade de se encontrar respostas - as "megeras cartesianas" do homem dogmático - que se constrói uma das mais trágicas narrativas de nossa história literária.

Duração do curso: 04 meses. Início: 22 de abril/ término: 08 de julho

O curso será através da Internet, com leituras orientadas semanais e discussões via e-mails.

Mensalidade: R$ 80,00.

Mais informações pelo telefone ou e-mail: (21) 2229-7750 / leonardo33vieira@yahoo.com.br

Requisito para o curso: ter o livro Grande Sertão: Veredas.

O professor, Leonardo Vieira de Almeida, é escritor, tradutor, Mestre em Literatura Brasileira (UERJ) e Doutorando em Estudos de Literatura Brasileira (PUC-Rio). Autor do livro de contos Os que estão aí, Ibis Libris, 2002, e de contos publicados no suplemento literário Rascunho, do jornal do estado do Paraná, no jornal Panorama e nos sites literários Paralelos, Bestiário, Cronópios, Confraria do vento e pequena morte. Co-autor do livro À roda de machado de Assis: ficção, crônica e crítrica (Editora Argos, 2006). Em 2007 ganhou o prêmio Otto Lara Resende por melhor ensaio sobre Guimarães Rosa. Também é tradutor e vive no Rio de Janeiro.

Endereço de meu currículo:

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4711371U5

Página na Internet:

http://contandocontos.blog-br.com/

segunda-feira, 14 de abril de 2008

IEAT - Encontros Transdisciplinares

IEAT - Encontros Transdisciplinares - 15/04/2008 - 14 horas - FALE/UFMG

Clique na imagem para ver no tamanho original

Eduardo Galeano

Eduardo Galeano - Diversos Vídeos

http://www.youtube.com/watch?v=LD0-VtYenLQ&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=YRhk2CgTMTM&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=ADvvSDPPZLw&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=xxbgogDloXo&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=4QG1T_DLvR4&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=q44evU-BhLo&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=H06B4RktZ6I&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=412_Iv5Emqs&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=IA80TYNdAN4&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=_WpfGO6JT7Q&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=XN_Hcirqrmo&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=9Afmgj55HBE&feature=related

A ética e a face do outro

Fonte: O Tempo, 13.04.07

J. B. Libânio. Teólogo, professor, padre jesuíta jblibanio@faculdadejesuita.edu.br
A ética e a face do outro

Todo olhar desperta-nos para a responsabilidade

Na solidão do eu, não existe ética. Enquanto permanecemos centrados em nós mesmos, não nos aflora nenhuma provocação ética.

Regemos a orquestra da vida segundo a partitura de nossos interesses, desejos, sonhos. Moldamos a realidade à nossa imagem e semelhança. Entramos no palácio dos espelhos em que a nossa própria figura se multiplica ao infinito.

Tudo começa e terminaemnós mesmos. Reina o indivíduo sobre a pessoa, o próprio sobre o alheio. Realiza-se o veredicto de mrs. Thatcher: "Não existe essa coisa de sociedade, o que há e sempre haverá são indivíduos".

"Desde que o outrome olha, sou responsável por ele", observa Levinas. A face do outro assume o caráter sagrado de quem nos acorda do sono individualista. Nasce a ética. Estabelece-se o princípio da alteridade na gestação do nosso modo de proceder.

Já não fazemos única e exclusivamente o que nos apetece segundo o bel-prazer. Interfere a face do outro que nos questiona, nos incomoda. Caminhamos sorridentes pela rua, bem almoçados, satisfeitos e, de repente, um mendigo estende a mão.

A ética da satisfação do apetite primeiro do comer, que nunca nos perturbara o sono, grita no rosto faminto daquele outro plantado diante de nós. Por que temos o direito sagrado da saciar-nos a fome e aquele pobre não?

Que responsabilidade assumimos diante de tal situação? A fome é antiética. Todo olhar desperta-nos para a responsabilidade. Aquele que acende na noite da fome do pobre interpela- nos ainda mais fortemente. A sociedade atual manifesta traço de crueldade, ao tornar a pobreza invisível.

Cobre com duplo véu a presença do pobre. Isola-o em favelas e afasta-o para o mais longe possível do alcance da vista dos aquinhoados de muitos bens.

Estes trancam- se em condomínios sofisticados de modo que nenhum rosto de pobreza e fome se aproxima deles. Andam em carros de vidro fumê que os esconde e defende. Freqüentam shoppings, hotéis e aeroportos, onde não circulam famintos.

Some a face do outro. Apaga-se a ética. Vale o provérbio italiano: "longe dos olhos, longe do coração". E o coração funciona como a sede da ética. Se nos distanciamos do outro, ao viver unicamente no meio de caras iguais, que ostentam a mesma riqueza, a nossa sensibilidade e responsabilidade pelos necessitados embotam.

A planície da identidade dos que comungam dos mesmos interesses e benesses impede que se veja a irregularidade distinta da pobreza. Sem o diferente do outro, a vida unicamente entre os mesmos silencia qualquer inquietação de justiça.

Faz irromper o grito ético o desfile diário dos excluídos e marginalizados, vindos das infinitas senzalas, que teimam em vir acordar o sono alienado dos senhores da casa grande. Enquanto houver tal choque, a ética social tem chance de nascer.

Mas o dia em que o poder ocultar definitiva e mentirosamente as faces diferentes do pobre, o futuro humano da sociedade corre risco de perder-se em grotescas formas de injustiça social.

Publicado em: 13/04/2008

Arraiá Temporão da Ocupação Camilo Torres

Arraiá Temporão da Ocupação Camilo Torres

É com muita alegria que as famílias da Camilo Torres convidam a todos(as) os(as) amigos(as) e apoiadores(as) da Ocupação para participarem do nosso Arraia Temporão que irá acontecer no próximo domingo, dia 13 de abril, a partir das 13:00 horas no endereço abaixo.

Vai ter canjica, quentão, pipoca caldos, maça do amor, espetinhos, bebidas típicas, refrigerantes e muito mais! E ainda: quadrilha com casamento da roça, forró pé de serra e roda de samba com Klaudio Munheka e Vinicius do Pandeiro.

Todos os recursos arrecadados com o Arraiá serão destinados à melhoria de vida das famílias da Ocupação Camilo Torres.

Maiores informações: 9645-9367 / 8652-4783 / 9297-0753

· Endereço da Ocupação Camilo Torres: Av. Perimetral nº 450, Vila Santa Rita, Barreiro / BH (Pegar na Estação Diamante ônibus 309 e pedir para descer no 2º ponto da Vila Santa Rita, próximo ao campo de futebol da Vila. O ônibus 30, que passa na Praça 7, vai para a Estação Diamante).

"Onde caiu Camilo nasceu uma cruz,
porém não de madeira, e sim de luz"
Victor Jará

Fotos Recentes da Ocupação Camilo Torres:

http://picasaweb.google.com.br/brigadaspopulares/CamiloTorresSegueFirme

sábado, 12 de abril de 2008

Educação Inclusiva no Diálogos no Conselho

Educação Inclusiva no Diálogos no Conselho

15/04/2008

Para debater o tema da Educação Inclusiva e apontar perspectivas para os profissionais dessa área, o CRP-MG promove nesta terça-feira, dia 15 de abril, às 19h, a mesa "Educação Inclusiva: formação, atuação profissional e vivências", que será realizada no no auditório Ruy Flores Lopes, que fica na sede da Entidade. A palestra faz parte do projeto Diálogos no Conselho e será ministrada por Ana Heloísa Senra - mestre em Psicologia Social e integrante da Equipe de Coordenação da Política Pública de Educação Inclusiva de Nova Lima - e Marcos Antônio de Souza Júnior - psicólogo, professor da Puc-MG e professor de Língua Brasileira de Sinais (Libras) na Faculdade de Medicina da UFMG. A mediação será da conselheira do CRP-MG, Dinacarla Gonzaga.

O evento, que faz parte das comemorações do "Dia Nacional de Luta Pela Educação Inclusiva", instituído pelo Sistema Conselhos de Psicologia em dezembro de 2004, contará ainda com o lançamento do livro "Inclusão e Singularidade: um convite aos professores da escola regular", que tem participação da palestrante Ana Heloísa Senra. Para mais informaçãoes, o telefone do conselho é o (31) 2138-6767. A entrada é gratuita, mas as vagas estão sujeitas à lotação do auditório.

Para saber mais:

Em Minas Gerais, há mais de 450 mil jovens de 0 a 24 anos com algum tipo de deficiência. Some-se a estes aqueles que estão, por diversas razões, excluídos do sistema escolar. O desafio posto para aqueles que lidam com a Educação é incluí-los em uma escola que seja para todos, sem discriminação. No entendimento do Sistema Conselhos de Psicologia, a Educação Inclusiva - prática que fortalece a luta por uma educação que cumpra seu caráter público, universal e de qualidade para todos - não diz respeito apenas aos portadores de deficiências, mas, também, e sobretudo, àqueles que têm sido reiteradamente excluídos dos sistemas de ensino, quais sejam: negros, meninas, homossexuais, índios, populações em situação de rua, populações em áreas rurais, adolescentes autores de ato infracional, crianças e jovens com dificuldades no processo de escolarização (vinculadas ou não a causas orgânicas) e superdotados. Esse conceito está em consonância com a "Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva" e com os demais projetos do Ministério da Educação voltados para a diversidade e inclusão educacional

ASCOM 10/04/2008

II Encontro Montalvânia e Juvenília em BH

II Encontro Montalvânia e Juvenília em BH

Clique aqui para ver a imagem no tamanho original.

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Acesse a agenda de eventos culturais e concorra a prêmios!

Em abril vários eventos culturais começam a todo vapor. Tudo por conta do talento e da diversidade dos brasileiros e da força que a Petrobras dá para ajudar tudo isso a acontecer.
E nossa Agenda de Eventos está repleta de opções para você conferir o que de melhor acontece no cenário cultural, com destaque especial para o estado de Pernambuco, onde acontece o Cine PE, um dos Festivais de Audiovisual mais importantes do país e o tão aguardado Festival Abril Pro Rock 2008.
Tem até uma super promoção: os trinta primeiros que clicarem aqui e responderem às perguntas do formulário concorrem a um exemplar das publicações de arte "Arte na catedral", "B.J Duarte" e "Olho da Rua". Clique aqui e participe da promoção.
Mas não pára por aí. Acesse aqui nossa Agenda de Eventos e fique por dentro de tudo. Confira outros destaques desse mês:
"O Sonho e a Ruína - São Miguel das Missões" Exposição organizada pelo fotógrafo gaúcho Luiz Carlos Felizardo. O projeto foi contemplado pelo Edital Arte & Patrimônio 2007.
Composta por 50 painéis, sendo 40 com fotografias e dez com textos, a exposição aborda os aspectos históricos e arquitetônicos da região das ruínas de São Miguel Arcanjo - um dos mais importantes sítios arqueológicos do Brasil - no noroeste do Rio Grande do Sul.
Grande parte das imagens são fotografias produzidas por Luiz Carlos Felizardo desde a primeira vez que visitou o local, em 1973, até os dias de hoje. Em dezembro de 2007, o fotógrafo esteve mais uma vez registrando a área e pesquisando imagens antigas junto ao escritório do IPHAN nas ruínas.
De 1º a 27 de abril
Local: Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli
Salas Iberê Camargo e Oscar Bueira
Praça da Alfândega, s/n° - Centro - Porto Alegre - RS - (51) 3227-2311
De terças a domingos, das 10h às 19h.
Entrada franca.

Projeto Respiração - Nuno Ramos - "Pergunte ao" O artista plástico Nuno Ramos, um dos mais representativos da cena contemporânea brasileira, é o convidado da oitava edição do Projeto Respiração, da Fundação Eva Klabin, que será inaugurada no próximo dia 03 de abril.

Com curadoria de Marcio Doctors, o projeto estabelece uma ponte entre o acervo clássico da Fundação e a arte contemporânea. Nuno Ramos apresentará a exposição "Pergunte ao", uma intervenção em um grande conjunto de obras da bela casa-museu da Lagoa, na qual ele pretende, utilizando espelhos, granitos e vitrines "voltar o rico acervo da Fundação Eva Klabin para si mesmo".

A exposição foi uma das doze propostas selecionadas pelo Edital Arte e Patrimônio do IPHAN / Paço Imperial.

De 03 de abril a 01 de junho
Local: Fundação Eva Klabin
Av. Epitácio Pessoa 2480 - Lagoa - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: 21. 3202-8550 www.evaklabin.org.br
Abertura: 03 de abril, quinta-feira, às 19h
Visitação: 04 de abril a 01 de junho de 2008
De quarta a domingo, das 14h às 18h
Ingresso: R$ 10,00 Estudantes e maiores de 60 anos: R$ 5,00
Ingresso família (pais acompanhados de filhos): R$ 5,00 (por pessoa) Gratuidade: às sextas-feiras e crianças até 10 anos

Encontro ArteCiência O projeto "Encontro de Arte & Ciência" visa realizar, no Espaço Ciência - museu que desenvolve um programa em educação científica há mais de dez anos - um encontro com enfoque nos interesses mútuos da arte e da ciência.

Dois momentos o compõem: seminários, sustentados pelos eixos histórico, panorâmico e perspectivo, cada um sendo tratado por três debatedores por dia; e três oficinas, a primeira de reciclagem artística de materiais tecnológicos, a segunda voltada para processos artísticos e a relação com a ciência, e a terceira sobre processos criativos em arte e ciência.

Envolve palestrantes de alguns estados do Brasil, tais como Brasília, Pernambuco, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte, além de contar com a participação especial de uma artista francesa.

Local: Olinda-PE
Agenda
SEMINÁRIO 25 a 27 de abril
Espaço Ciência Complexo de Salgadinho s/n Parque 2
Oficina Arte Ciência
14 a 17 de abril
Oficina de Arte e Ecologia
26 a 29 de abril Oficina de Ciência e Arte
27 a 30 de Abril

Teia Cultural - Abril / 2008

Teia Cultural - Abril 2008

C A P I T A L B R A S I L E I R A D A C U L T U R A

Abertas inscrições para CBC 2009

A Capital Brasileira da Cultura é um projeto de abrangência nacional, aberto à participação de todos os municípios do Brasil e está sendo implementado pela ONG CBC, com o apoio do Ministério da Cultura, Ministério do Turismo, da UNESCO, e do Bureau Internacional de Capitais Culturais.
O projeto tem a finalidade de eleger anualmente uma cidade do Brasil com o título de Capital Brasileira da Cultura. A cidade eleita tem a oportunidade de se promover em âmbito nacional e internacional, obtendo projeção como pólo cultural e turístico, além de outros benefícios.
A cidade de Olinda (PE) foi a Capital Brasileira da Cultura 2006. Em 2007, o título foi de São João del-Rei (MG). Caxias do Sul (RS) é a Capital Brasileira da Cultura deste ano.
O período para inscrição de candidaturas para a Capital Brasileira da Cultura 2009 termina em 31 de maio próximo. A cidade que quiser participar deverá apresentar a sua candidatura formal à ONG CBC. Informações sobre apresentação de candidatura podem ser solicitadas pelo e-mail:
info@capitalbrasileiradacultura.org
Informações completas:
http://www.capitalbrasileiradacultura.org

R E S U L T A D O S D E E D I T A I S


Iphan divulga resultado do Edital Mais Museus



O Departamento de Museus e Centros Culturais do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Demu/Iphan) divulgou o resultado do Edital Mais Museus. Serão beneficiadas 24 cidades das cinco regiões brasileiras, com até 50 mil habitantes e que não possuem instituição museológica, para receber apoio financeiro de até R$ 100 mil para aquisição de equipamentos e mobiliários, elaboração de projetos para execução de obras e serviços, instalação e montagem de exposições, elaboração de projetos museológicos ou museográficos e restauração ou benfeitoria em imóveis. Machacalis é o município de Minas Gerais contemplado pelo Edital.
Saiba mais:
http://www.cultura.gov.br/site/?p=11231

Informações:
(61) 3414-6234 e
demu@iphan.gov.br , no Demu/Iphan
Divulgado resultado Edital Capoeira Viva 2007
Foi divulgado na última sexta-feira (4 de abril), os vencedores do Edital Capoeira Viva 2007. Nesta edição, o total de recursos oferecidos foi de R$ 1,2 milhão, distribuído em quatro categorias, para as quais foram selecionados 122 dos 1.289 projetos inscritos.
Com o apoio do MinC, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, a iniciativa tem o objetivo de fomentar políticas públicas para a valorização e a promoção da Capoeira como bem constituinte do patrimônio cultural brasileiro. Também visa incentivar ações relacionadas à manifestação por meio de atividades socioeducativas, pesquisas e constituição de acervos e produção de mídias e suportes digitais, eletrônicos e audiovisuais (filmes, vídeos, exposições, instalações, sítios, portais e jogos eletrônicos, software livre, dentre outros recursos).
Dentre os projetos selecionados há nove de Minas Gerias, em duas categorias. Confira abaixo:
Categoria: Apoio a Ações Sócio-educativas - Total do Fomento: R$ 561.935,00
Projeto Proponente Município Valor R$
Projeto Afro Brasileiro Flavio Ramos da Silva Montes Claros 4.000,00
Crescer Gingando Wellington Carlos de Almeida Belo Horizonte 6.000,00
Construindo Cidadãos José Leopoldo Ribeiro da Silva Janaúba 6.000,00
Capoeiragem Mirim: é do Pequeno Que Se Faz O Grande Augusto Bonatto Alves de Sousa Belo Horizonte 6.000,00
Escolinha Conscienciarte Lucivaldo Paz de Lira Paracatu 6.000,00
Projeto Capoeira no Morro das Pedras Armando Maciel Pereira Belo Horizonte 4.000,00
Grupo Muzenza Mirim de Capoeira Eleusa das Graças Gomes Uberaba 6.000,00
Categoria: Ações relacionadas à capoeira por meio de mídias e suportes digitais, eletrônicos e audiovisuais, incluindo filmes, vídeos, exposições, instalações, sítios, portais e jogos eletrônicos, software livre e produtos correlatos e iniciativas de produção e difusão. - Total do fomento: R$ 270.160,00
Projeto Proponente Município Valor
A difusão da capoeira Angola através do desenho animado e da produção de livro digital para pessoas cegas e surdas Guimes Rodrigues Filho Uberlândia 22.000,00
Mídias : Paz no mundo Camará – A capoeira angola e a volta que o mundo dá Carem Cristini Nobre de
Abreu Belo Horizonte 20.000,00
Lista completa de todos contemplados:
http://www.cultura.gov.br/site/wp-content/uploads/2008/04/capoeira-viva-2007-nome-dos-ganhadores.pdf

H I S T Ó R I A E C U L T U R A
Comemoração dos 200 Anos da Chegada da Corte Portuguesa
A celebração dos 200 anos da chegada da Família Real em terras brasileiras se estende ao longo de 2008, com atividades no Brasil e em Portugal. As iniciativas oficiais estão sendo divulgadas no catálogo da programação de eventos e solenidades. Também foi lançado um folheto explicativo sobre a importância desse marco para a história dos dois países.
Ambas as publicações foram coordenadas pelos Ministérios da Cultura (MinC) e das Relações Exteriores (MRE) e produzidas pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom-PR).
Saiba mais:
http://www.cultura.gov.br/site/?p=11179

P E S Q U I S A E C U L T U R A
Abertas as inscrições para o IV ENECULT
Já estão abertas as inscrições para o IV Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura – IV Enecult, maior evento internacional de pesquisas em cultura do Brasil. Promovido pelo Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura – Cult, da Universidade Federal da Bahia, o Encontro ocorre nos dias 28 e 30 de maio, no Salão Nobre da Reitoria da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e na Faculdade de Comunicação (Campus de Ondina), em Salvador–Ba.. Dentre as atividades programadas, constam palestras, mesas-redondas, apresentação de trabalhos e lançamento de livros.
Inscrições até 23 de maio
O Encontro tem como público-alvo pesquisadores, professores e estudantes universitários, além deprofissionais vinculados ao campo cultural. Custos promocionais até dia 25 de abril.
Inscrições:
www.enecult.ufba.br

Maiores informações pelo e-mail:
cult@ufba.br ou telefone (71) 3263-6198.
C O N F E R Ê N CI A S
Ciclo de Conferências Vida Vício Virtude em BH
De 14 de abril a 09 de maio será realizado o Ciclo de Conferências Vida Vício Virtude em Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo. O Ciclo acontece sob curadoria de Adauto Novaes, e em BH será realizado na Casa Fiat de Cultura.
De acordo com o curador, este ciclo de conferências buscará discutir os modos de se perceberem, na
atualidade, conceitos ligados aos vícios e às virtudes tanto nos âmbitos sociais, quanto nos da subjetividade
humana. Nesta primeira incursão para reavaliar os valores hoje, foram escolhidos cinco vícios e cinco virtudes dominantes.
Vida Vício Virtude - Programação Belo Horizonte:
O vazio do pensamento Franklin Leopoldo e Silva 15 abr
A sabedoria Marcelo Perine 16 abr
A injustiça Francis Wolff 17 abr
A intemperança Renato Janine Ribeiro 23 abr
* A vergonha Ruwen Ogien 24 abr
A passividade Maria Rita Kehl 29 abr
A amizade Marcelo Coelho 30 abr
A intolerância Eugênio Bucci 06 mai
A indiferença Renato Lessa 08 mai
A liberdade Marilena Chauí 09 mai
* conferência em francês com tradução simultânea
Casa Fiat de Cultura.
End: Rua Jornalista Djalma Andrade, 1250, Belvedere.
Tel.: (31) 3289-8900,
casafiat@casafiat.com.br,
www.casafiatdecultura.com.br

Informações e inscrições:
APPA – (31) 3224-5350 e
appa@appa.art.br
E D I T A I S, F E S T I V A I S, O F I C I N A S E C U R S O S
Rumos Educação, Cultura e Arte 2008-2010 Itaú Cultural
A partir de 7 de abril
A segunda edição da categoria Educação, Cultura e Arte do programa Rumos Itaú Cultural abre inscrições a partir do dia 7 de abril. Serão selecionadas iniciativas no campo da educação não-formal, no contexto das organizações sociais e culturais.
Informações:
http://www.itaucultural.org.br/index.cfm?cd_pagina=2708

Fiocruz Audiovisual
De 10 a 17 de abril
A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) vai premiar com R$ 480 mil, seis filmes sobre Saúde Pública: um de ficção, em média-metragem, com R$ 100 mil; dois documentários e três animações de curta-metragem, com R$ 60 mil cada. As inscrições serão aceitas durante a semana. Os editais estão disponíveis na página http://www.fiocruz.br/
Informações:
fiocruzvideo@fiocruz.br
Música Independente 2008
Até 11 de abril
A Fundação Clóvis Salgado, em parceria com a Sociedade Independente de Música – SIM - Rádio Inconfidência e Rede Minas, abriu o processo seletivo no início de março. Podem se inscrever artistas de qualquer idade, brasileiros ou estrangeiros, com residência comprovada em Minas Gerais há pelo menos um ano. As inscrições são gratuitas.
Formulário de inscrição, edital e demais regulamentos:
www.cultura.mg.gov.br




www.redeminas.mg.gov.br
www.eudigosim.com.br/blog

Mostra Taguatinga – Festival de Cinema e Video
Até 11 de abril
Estão abertas as inscrições para a 8ª Mostra Taguatinga - Festival de Cinema e Vídeo. A Mostra acontece de 27 de maio a 1º de junho em Taguatinga (DF), e tem como princípio privilegiar o cinema de formação, ampliando o debate sobre a nova forma de pensar e produzir cinema no Brasil. Podem ser inscritos filmes e vídeos nos gêneros documentário, ficção e animação, realizados em 16mm, 35mm, beta sp, dvd ou qualquer outro suporte de produção de imagens, concluídos a partir de janeiro de 2003.
Inscrição e outras informações:
www.mostrataguatinga.com.br/

Concursos Nacionais de Literatura Cidade de Belo Horizonte e João-de-Barro
Até 11 de abril
A PBH lança conjuntamente os Concursos Nacionais de Literatura Cidade de Belo Horizonte, que este ano premia Poesia, Romance, Conto e Poesia - autor estreante, e João-de-Barro, destinado à literatura juvenil.
Inscrições e editais:
http://www.pbh.gov.br/

Processo seletivo Correios
Até 14 de abril
Abertas inscrições para o processo seletivo dos Correios. Em duas opções de participação:
Patrocínio de projetos nos segmentos Artes Cênicas (dança ou teatro), Artes Integradas, Humanidades (obra literária, evento literário ou programa de incentivo à leitura), Audiovisual (mostras e festivais de cinema e vídeo) e Música, com realização em qualquer estado brasileiro;
Desenvolvimento de projetos específicos nos Centros e Espaços Culturais dos Correios em Salvador (BA), Juiz de Fora (MG), Fortaleza (CE) e no Rio de Janeiro (RJ).
Inscrições e Editais:
www.correios.com.br

FUNARTE – Programa Nacional Bandas de Música -
PRORROGADO
Até 14 de abril
Está aberto Edital do Programa Nacional Bandas de Música, que concederá prêmios para aquisição de
instrumentos de sopro com o objetivo de contribuir para a melhoria da qualidade técnica e artística dos conjuntos musicais do país. Podem se inscrever bandas de música compostas por instrumentos de sopro e percussão, com pelo menos 15 músicos, que tenham diretoria e regimento interno e ofereçam cursos de formação para instrumentistas.
Informações, edital e ficha de inscrição:
www.funarte.gov.br

Belô Poético – Encontro Nacional de Poesia de Belo Horizonte
Até 15 de abril
A comissão receberá o registro de "atos poéticos" de poetas de todo o Brasil. Serã selecionados "dez atos" que serão divulgados no dia 11 de julho e que fará parte da programação do Belô Poético, que acontece entre os dias 10 e 13 de julho.
Informações:
www.belopoetico.com

Novos Brasis 2008 - Oi Futuro
Até 15 de abril
Programa de apoio e parceria com organizações sem fins lucrativos para a viabilização de idéias inovadoras que utilizem a tecnologia da informação e comunicação para acelerar o desenvolvimento humano. A seleção dos projetos terá como foco o desenvolvimento de tecnologias sociais que possam ser replicadas para outras organizações sociais.Serão valorizados critérios como inovação,criatividade, capacidade de apresentação de diagnóstico da comunidade atendida e de monitoramento do trabalho realizado. O edital é aberto a organizações do Terceiro Setor sem fins lucrativos e devidamente izadas de todo o país.
Inscrições e regras de participação:
www.oifuturo.org.br

Curso de Oficina Técnica de Iluminação
17 de abril
Com o objetivo de formar profissionais na área de iluminação cênica o Núcleo Técnico de Artes Cênicas-NUTAC, irá realizar do dia 17 de abril, abertura e após feriado, nos dias 22 a 26 de abril, oficinas de iluminação cênica no Galpão Cine Horto, dentro da programação do Conexão Telemig Celular e parceria com o Galpão Cine Horto.
Podem participar agentes culturais, produtores, técnicos, atores amadores e profissionais, diretores, bailarinos, fotográfos, músicos, artistas plásticos e interessados pela área. As oficinas são gratuitas..
Nº. de vagas: 20 participantes (a serem preenchidas por ordem de chegada)
Para participar basta fazer a inscrição, na recepção do próprio teatro.
Horário: Dias 17/ 04 e 22 a 25/04 / 18h às 21h
Dia 26/04 - 9h às 14h
Informações:
(31) 3481-5580 e



http://www.vilarts.com.br/